Aliança Coronavirus : FAS Amazônia

Aliança COVID Amazônia dos
Povos Indígenas e Populações
Tradicionais e Organizações Parceiras

para o Enfrentamento do Coronavírus

Apresentação

O estado do Amazonas tem uma das situações mais graves do país na crise do Coronavírus: atingiu a maior proporção de Covid-19 no Brasil com 1.612 infectados por um milhão de habitantes. Agora, imagine as populações tradicionais e comunidades indígenas que moram em locais remotos sem internet, sem informação, sem médicos. Por isso, a “Aliança COVID Amazônia dos Povos Indígenas e Populações Tradicionais e Organizações Parceiras para o Enfrentamento do Coronavírus” está disseminando e estimulando a adoção de boas práticas para reduzir os riscos de contágio, oferecendo produtos básicos para 124.188 mil famílias (rurais e urbanas) e estabelecendo condições mínimas de atendimento remoto e transporte de pacientes graves.

Fonte: Ministério da Saúde

A Aliança

Focos Estratégicos


Populações tradicionais


Prioridades


Povos indígenas


Pessoas em situação de rua na cidade de Manaus
Pessoas das áreas periféricas de Manaus


Agenda urbana

 


Populações indígenas em áreas urbanas no Amazonas
Imigrantes e refugiados na cidade de Manaus


Áreas de atuação no estado do Amazonas

 


Terras Indígenas





Regionais da COIAB.



Áreas urbanas





Populações indígenas urbanas; Pessoas em situação de rua; Imigrantes e refugiados; Famílias que vivem na periferia



Unidades de conservação estaduais, federais e municipais + áreas de entorno





Calhas de rios; Unidades de Conservação; Terras Indígenas



Territórios para ação integrada





Áreas onde a agenda possa ser trabalhada de forma integrada; Terras Indígenas e Unidades de Conservação


 

Desafios da assistência médica a pacientes
em comunidades remotas do Amazonas:


6

horas



Tempo médio para transferir um paciente de uma comunidade remota para o hospital municipal (podendo chegar a 48 hora de barco regional).

3

horas



Tempo médio para transferir um paciente de município para Manaus de avião. E poucos voos decolam dos municípios para Manaus.






Hospitais municipais têm capacidade limitada para tratar e isolar pacientes com COVID-19.





Casos graves devem ser transferidos para Manaus (frete de avião é caro, e por barco pode chegar a 10 dias).

Matriz Lógica para o enfrentamento do Coronavírus
por povos indígenas e populações tradicionais

Eixos estratégicos

Doações


44.558.669

Doações arrecadadas em dinheiro e materiais


Campanha Vacina Parente

#01 – O que é a vacina? [link]

#02 – É seguro tomar a vacina? [link]

#03 -Por que tomar a vacina? [link]

#04 – Incentivo geral [link]

#05 – Covid entre indígenas [link]

#06 – Incentivo aos parentes [link]

#07 – Incentivo aos ribeirinhos [link]

Conteúdos para prevenção ao Covid

Apresentação Professor Henrique UFAM [link]
Guia de Cuidados nas Unidades de Conservação  [link]
Publicação no instagram da FAS [link]
Vídeo da Campanha [link]
Cartaz informativo – campanha #PegaObecoCorona [link]
Cartaz informativo 2 – campanha #PegaObecoCorona  [link]
#FicanaComunidade – Spot 1 [link]
#FicanaComunidade – Spot 2 [link]
#FicanaComunidade – Spot 3 [link]
#FicanaComunidade – Spot 4 [link]
#FicanaComunidade – Spot 5 [link]
#FicanaComunidade – Spot 6 [link]
#FicanaComunidade – Spot 7 [link]
#FicanaComunidade – Spot 8 [link]
#FicanaComunidade – Spot 9 [link]
#FicanaComunidade – Spot 10 [link]