Governança - FAS Amazônia : FAS Amazônia

A FAS cultiva os princípios da transparência, ética, eficiência, integridade, equidade e accountability, que sustentam o objetivo da governança institucional: direcionar e monitorar as estratégias, políticas e planos institucionais, alinhando ações às necessidades das partes envolvidas, visando assegurar o alcance dos objetivos e a transparente aplicação dos recursos.

Os mecanismos de liderança, estratégia e controle são adotados nas esferas estratégica, tática e operacional da FAS, visando a transversalização das ações de monitoramento da gestão, com vistas ao cumprimento da missão institucional. Nesse sentido, vários membros do Conselho de Administração da FAS participam de ações estratégicas da fundação por meio de Comitês que se reúnem periodicamente. Nos níveis tático e operacional, são fomentados painéis e oficinas de interação entre colaboradores. Essas instâncias possibilitam acompanhar os resultados e promover ajustes na condução de atividades. A figura abaixo ilustra os mecanismos e instâncias de gestão e a periodicidade com a qual são implementados.

Para gerenciar os programas e projetos que desenvolve, a FAS refinou suas instâncias e mecanismos de gestão, delimitando claramente a periodicidade e abrangência de cada um deles, de forma que foi possível instituir reuniões semanais com as lideranças da fundação (coordenadores, gerentes e superintendentes) em espaços deliberativos e integradores. Também foi instituído o acompanhamento de painéis de captação.

No nível mais estratégico de gestão, quinzenalmente, são realizadas reuniões de superintendência para deliberações mapeadas, por exemplo, nas reuniões do grupo de gestão; a cada mês, são realizados acompanhamentos dos painéis de indicadores de gestão e resultados, além de reuniões de gestão sobre projetos estratégicos (manejo de pirarucu e comercialização de farinha, por exemplo); trimestralmente, são realizadas as reuniões de conselho de administração e comitê executivo, assim como oficinas de nivelamento, nas quais todos os programas e projetos apresentam os resultados, oportunidades e desafios de suas agendas.