Latimpacto conhece comunidades modelo em desenvolvimento sustentável na Amazônia 

Visita técnica da Latimpacto

A visita foi coordenada pelo Hub de Bioeconomia Amazônica e incluiu a sede da Fundação Amazônia Sustentável, em Manaus, e iniciativas de economia verde em comunidades do Rio Negro    

Instituição latino-americana que reúne mais de 160 financiadores de impacto que fornecem capital humano, intelectual e financeiro na América Latina, a Latimpacto esteve recentemente no Amazonas para se aproximar de parceiros para colaboração e implementação de projetos estratégicos na Pan Amazônia. Com apoio do Hub de Bioeconomia Amazônica, membros da rede do Equador, Colômbia e Brasil puderam conhecer de perto soluções que estão sendo desenvolvidas por parceiros nas comunidades Tumbira e Santa Helena do Inglês.  

Aproximação de redes para o desenvolvimento sustantável da Amazônia 

Realizada no início de dezembro, a visita começou pela sede da FAS, localizada em Manaus. A partir da capital amazonense, desde 2008, a organização da sociedade civil dissemina e implementa conhecimentos sobre desenvolvimento sustentável, contribuindo para a conservação da Amazônia.  

A comitiva da Latimpacto conheceu parte dos programas e da divisão administrativa e a própria estrutura da matriz da Fundação, que também segue os princiípios da sustentabilidade, a exemplo do uso de painéis de energia solar, a arquitetura ecológica, que fazer reuso de madeira licenciada, e a opção por grandes esquadrias para garantir o melhor aproveitamento de iluminação natural. 

Conhecendo o chão da floresta 

De Manaus, o grupo atravessou o Rio Negro e seguiu para comunidades ribeirinhas, localizadas cerca de 100 km da capital. Nesses territórios, exemplos de projetos socioambientais prosperam, aliando conservação da natureza com geração de renda para os habitantes.  

A Latimpacto conheceu iniciativas de turismo de base comunitária nas comunidades de Tumbira, Santa Helena do Inglês e Tatuios, e dialogou com as lideranças locais, representantes de populações tradicionais e indígenas, que coordenam as atividades. 

Em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Amazonas (Sema/AM), a FAS é responsável por apoiar e coordenar ações locais de fomento à bioeconomia, saúde, educação, tecnologia, infraestrutura, entre outras áreas. 

“A missão da Latimpacto na Amazônia é muito simbólica pelo fato de conectar investidores, lideranças do ecossistema na América Latina com o chão da floresta para reconhecimento e trocas de experiências baseados no trabalho de soluções que já estão acontecendo na região”, afirma Marysol Goes, facilitadora do Hub de Bioeconomia Amazônica. 

Sobre o Hub de Bioeconomia Amazônica 

O Hub de Bioeconomia Amazônica conecta, articula e amplifica experiências e soluções de diversos atores para a promoção de uma bioeconomia inclusiva na Amazônia. 

Nascemos de uma parceria entre a Green Economy Coalition (GEC) – a maior aliança global de organizações multissetoriais engajadas na promoção de uma economia verde e justa no mundo – e a Fundação Amazônia Sustentável (FAS) – organização reconhecida como a maior instituição amazônica atuante na região, e eleita melhor ONG do Brasil em 2021, segundo o ranking do Prêmio Melhores ONGs. 

Nós catalisamos soluções e construímos pontes e diálogos para abrir espaço a uma nova bioeconomia: mais verde, mais justa e mais inclusiva. Saiba mais em bioeconomiaamazonia.org

Create your account