Encontro de Lideranças reúne comunitários para discutir sustentabilidade no interior do AM : FAS Amazônia
28/05/2018
Outros

Encontro de Lideranças reúne comunitários para discutir sustentabilidade no interior do AM


Cerca de 70 líderes comunitários de 16 Unidades de Conservação (UC) do Amazonas estarão reunidos até sábado (2) na sede da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) para o XX Encontro de Lideranças Representantes de Associações da Unidades de Conservação do Programa Bolsa Floresta. O evento é uma parceria entre a FAS, Bradesco, Fundo Amazônia/ BNDES, Sema Amazonas e LATAM Airlines.
Realizado pela FAS duas vezes por ano, o Encontro tem por objetivo promover a integração institucional entre associações, parceiros e Fundação por meio de debates sobre políticas públicas para a melhoria da qualidade de vida das famílias ribeirinhas. 
A abertura do evento contou com a presença do superintendente-geral da FAS, Virgílio Viana, pelo secretário da SEMA, Marcelo Dutra e pelo vice-presidente do conselho de administração da FAS, Neliton Marques.  
“Esse encontro é uma oportunidade de partilhamento de ideias, de intercâmbio entre associações de regiões diferentes do Amazonas, e isso tem muito valor para as organizações comunitárias, e ainda mais para as instituições de Manaus, que podem ouvir as demandas de quem ajuda a proteger a floresta”, afirmou Neliton Marques, vice-presidente do Conselho da FAS.
Durante a semana, o XX Encontro de Lideranças promoverá capacitações em prestação de contas, indicadores e elaboração de projetos para secretários e tesoureiros das associações ribeirinhas, representantes dos beneficiários do Bolsa Floresta. Além dessas capacitações, os participantes também terão a oportunidade de debater sobre políticas públicas para a melhoria da qualidade de vida ribeirinha diretamente com representantes de órgãos competentes, em temas como energia, transporte e oportunidades de microcrédito.
“A Sema busca fazer essa aproximação com as populações interioranas, por entender que o empoderamento dos comunitários é essencial para o futuro das comunidades tradicionais do Amazonas. Para o Governo do Amazonas, as associações são fundamentais para o estabelecimento e implementação de políticas públicas no interior”, explica Adilson Cordeiro, secretário-executivo da Sema.
Entre os assuntos a serem abordados, estão a situação fundiária e gestão de unidades de conservação, empoderamento e fortalecimento das associações comunitárias, cobertura de sinais telefônicos na floresta. Durante a ocasião, será feito o lançamento do “Atlas Fazendo a floresta valer mais em pé do que derrubada” e debates acerca da encíclica Laudato Si serão abordadas com as lideranças comunitárias.
Em 2018, a FAS completa 10 anos de atividades e, durante o XX Encontro de Lideranças, serão debatidos os avanços e perspectivas gerais e temáticos dos programas da FAS nas unidades de conservação. As associações serão homenageadas de acordo com o número de associados que cada uma, nessa década, conseguiu crescer, acompanha a parceira com a FAS e conseguiu prestar contas no prazo acertado.

Participação de Agentes Ambientais Voluntários

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) articulou com duas associações de moradores das Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá e Amanã, ambas do município de Tefé duas vagas para agentes ambientais voluntários participarem da semana do Encontro de Lideranças, ação realizada pela FAS junto a todas as representatividades à frente das Unidades de Conservação (UCs) das RDS que a fundação mantém atividades.
Para a gerente do Programa Bolsa Floresta, Valcleia Solidade, a abertura das portas do Encontro de Lideranças para os dois agentes promoverá maior “as pessoas que as instituições escolherem poderão adentrar nos diálogos promovidos pelos responsáveis de cada UC, terão o mesmo acesso ao preparo feito aos líderes comunitários e conseguirão um poder maior de articulação com órgãos públicos, sociedade civil e segmentos privados também”.