Governador doa prêmio para Fundação Amazonas Sustentável : FAS Amazônia
14/04/2008
Outros

Governador doa prêmio para Fundação Amazonas Sustentável


O governador Eduardo Braga recebeu na segunda-feira, 14/04, em Sevilha (Espanha) o prêmio máximo da Fundação Sevilha Nodo pelos projetos desenvolvidos no Estado do Amazonas para a conservação ambiental.  A entidade é referência na Europa pelas iniciativas que estão transformando a cidade espanhola em exemplo de desenvolvimento sustentável.  O valor da honraria – 30 mil euros – foi doado pelo governante amazonense à Fundação Amazonas Sustentável.  A solenidade de entrega do prêmio, realizada no plenário do Parlamento local, foi prestigiada por autoridades civis e religiosas da cidade, bem como pela imprensa local.  Coube ao prefeito Alfredo Sánchez Monteseirín entregar o troféu que simboliza a honraria ao governador.

O diretor-geral da FAS,Virgilio Viana; a reitora da UEA, Marilene Corrêa; o governador do Amazonas, Eduardo Braga, e o representante da Fundação Sevilha Nodo, assinam acordo de coorperação, na Espanha.
O diretor-geral da FAS,Virgilio Viana; a reitora da UEA, Marilene Corrêa; o governador do Amazonas, Eduardo Braga, e o representante da Fundação Sevilha Nodo, assinam acordo de coorperação, na Espanha.

Segundo Blas Ballesteros, presidente da Fundação, esta foi a primeira vez que representantes da oposição ao Partido Socialista (PSOE), que dirige o município, prestigiaram o evento “prova de que a questão ambiental está acima dos interesses políticos”, atestou.  Ele mostrou conhecer os projetos que estão sendo desenvolvidos no Amazonas, já que citou nominalmente o Bolsa Floresta, a Lei de Mudanças Climáticas e o Zona Franca Verde.
Tanto Braga quanto o prefeito local se mostraram dispostos em ampliar a parceria entre a cidade espanhola e o Estado do Amazonas, tanto na área ambiental quanto na educacional.  Logo após a solenidade no Parlamento, o governador assinou com Ballesteros dois novos acordos de cooperação da Fundação Sevilha Nodo com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e a Fundação Amazonas Sustentável (FAS).