Hub de Economia Verde procura voluntários para atuar em prol da Amazônia - FAS Amazônia : FAS Amazônia
15/07/2021
Notícias

Hub de Economia Verde procura voluntários para atuar em prol da Amazônia


Com o objetivo de ampliar seu alcance e de suas ações, além de fortalecer a estrutura de parcerias, o Hub de Economia Verde e Bioeconomia na Amazônia abriu vagas para um Programa de Voluntariado, que está com inscrições abertas até 01 de agosto por meio do link https://abre.ai/inscricao-voluntariado.

O Hub atua na região amazônica desde setembro de 2020 e surgiu de uma aliança entre a Fundação Amazônia Sustentável (FAS) e a Green Economy Coalition, maior movimento global para acelerar a transição para economias verdes e justas no mundo, e é secretariado na Amazônia pela FAS.

Para atingir seu objetivo, o hub tem uma estratégia sistêmica e integrada em quatro linhas de ação com foco em endereçar os principais gargalos para a dinamização da bioeconomia na Amazônia, sendo eles: geração de conhecimentos e desenvolvimento de capacidades através do desenvolvimento de estudos pioneiros e cursos, articulação intersetorial com a presença em fóruns nacionais e internacionais, e coordenação de grupo de trabalho sobre o tema, além de fomentar instrumentos de políticas públicas verdes e mecanismos financeiros inovadores, que entendam e atendam às necessidades da região.

A iniciativa trabalha com três frentes: uma global, em conjunto com a Green Economy Coalization, outra local, com a FAS e a frente regional, com a Rede de Soluções de Desenvolvimento Sustentável da ONU (SDSN Amazônia).

O voluntariado no Hub de Economia Verde visa aproximar o conhecimento do ecossistema e parceiros aos conhecimentos e habilidades dos voluntários para proporcionar experiências de crescimento, que beneficiem a todos, principalmente a Amazônia. Para isso, serão criados grupos de trabalho, divididos em diferentes frentes de ação: Tradução e Comunicação, Geração de Conhecimento, Execução e Organização, Comissão de Eventos, Captação e Mapeamento de Oportunidades, além de Pesquisa e Desenvolvimento.

O HUB procura pessoas que queiram crescer com a iniciativa, seja por meio de capacitações ou novas experiências, e promover discussões importantes sobre a economia verde na Amazônia. A disponibilidade deve ser de dois dias na semana, entre uma a duas horas diárias, por meio de home office. O tempo de voluntariado varia de acordo com a disponibilidade do participante.

A facilitadora do Hub de Economia Verde e Bioeconomia da Amazônia, Marysol Goés, afirma que há soluções para construir uma nova economia na Amazônia, mas para isso é necessário olhar também para o início da cadeia produtiva, focando em construir boas bases para investimentos e bons resultados. Por isso, o Hub, seus colaboradores e voluntários terão grande importância para a região amazônica.

“Atualmente buscamos voluntários com sede de conhecimento e desejo de fazer parte das discussões e ações referentes ao fomento da bioeconomia amazônica, e economias verdes ao redor do mundo. Procuramos favorecer o desenvolvimento de capacidades individuais e coletivas, conectando iniciativas e experiências locais entre redes e voluntários para, assim, coletivamente acelerarmos a transição para uma economia verde, justa e inclusiva na Amazônia”, diz.

Mais informações sobre a FAS e o HUB de Economia Verde e Bioeconomia na Amazônia podem ser encontradas no site www.fasamazonia.org/hub-bioeconomia-amazonia.