Instituições visitam núcleo e restaurante na RDS Rio Negro : FAS Amazônia
29/03/2012
Outros

Instituições visitam núcleo e restaurante na RDS Rio Negro


Imprensa, governo, universidades e empresas: atuantes de vários segmentos da sociedade conheceram no dia 25 de março algumas das experiências bem sucedidas do Programa Bolsa Floresta (PBF), implementado pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS).

O grupo de 29 participantes passou a manhã e o início da tarde de domingo entre as comunidades Tumbira e Saracá, ambas na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Rio Negro, uma das 15 unidades de conservação beneficiadas pelo PBF.

Entre os participantes, representantes de instituições e empresas como UFAM, UEA, Fucapi, Sabesp, Estadão, Yamaha, P&G e Whirlpool. O encontro ocorreu um dia após o encerramento do Fórum Internacional de Sustentabilidade, realizado em Manaus.

Durante a visita, houve uma apresentação seguida de bate-papo sobre as os objetivos e estratégias para geração de renda do Bolsa Floresta e o grupo pôde visitar as estruturas sustentáveis do NUcleo de Conservação e Sustentabilidade (NCS) Agnello Bittencourt Uchôa e do Restaurante Encanto do Saracá, ambos construídos dentro do Programa Bolsa Floresta.

Inaugurado em março de 2010, o NCS oferece escola, alojamento para alunos e professores, base operacional e posto de saUde para comunitários da RDS Rio Negro. O restaurante, viabilizado através de convênios do componente Bolsa Floresta Renda, tem como objetivo a geração de renda através da atividade turística, oferecendo além da gastronomia regional, atividades como pesca esportiva, passeios de canoa e caminhada na trilha.

Para conhecer mais acesse o canal de vídeos da FAS no Youtube.