EnglishFrenchPortugueseSpanish

Mais de 100 atividades educacionais sobre o uso correto de água são realizadas em comunidades do interior da Amazônia

Mais de 100 atividades educacionais sobre o uso correto de água são realizadas em comunidades do interior da Amazônia
dezembro 2, 2022 FAS

Mais de 100 atividades educacionais sobre o uso correto de água são realizadas em comunidades do interior da Amazônia

02/12/2022
Crianças e adultos reunidos posando para foto do Projeto Escola D'água, que ensina sobre as boas práticas do uso da água.

A equipe da Fundação Amazônia Sustentável (FAS), por meio do projeto Escola D’Água Brasil (Swarovski Waterschool) percorreu 12 comunidades, em outubro, do município de Beruri com a finalidade de acompanhar e apoiar o trabalho dos professores capacitados pela iniciativa que, agora, compartilham o que aprenderam sobre boas práticas do uso da água. 

O projeto Escola D’Água é implementado pela FAS no Brasil e trabalha com a população ribeirinha de comunidades próximas a Beruri desde 2016, em parceria com a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação do município. Além das metodologias educacionais que promovem a conservação dos recursos hídricos, os professores também recebem um Guia de Atividades para ser aplicado junto aos alunos em sala de aula. 

Após uma prévia capacitação, 60 professores envolvidos no projeto realizaram 108 atividades educacionais em mais 35 escolas de comunidades ribeirinhas e indígenas. A partir das iniciativas, os alunos passam a conhecer mais sobre temas relacionados ao cuidado com a água e envolvem suas famílias e comunidades para uma gestão mais saudável do recurso.  

Para a coordenadora executiva do Programa de Educação para Sustentabilidade da FAS, Natália Wagner, as visitas tiveram o papel de reconhecer e fortalecer o trabalho dos professores e sua atuação como agentes de mudança.    

“Foram visitadas 12 comunidades que mais se destacaram na realização das atividades propostas no projeto. Os professores capacitados são sempre os nossos maiores aliados para que o projeto possa chegar a cada vez mais territórios. Ao realizarem as ações, eles puderam envolver os alunos e engajar grande parte da comunidade nas ações práticas do projeto.” afirma Natália. 

Uma das principais ferramentas utilizadas pelo projeto, o Guia de Atividades do Escola D’Água, habilita os professores a se tornarem agentes de mudança na busca de comunidades mais saudáveis e sustentáveis através do cuidado com a água. O material contém 45 atividades práticas e lúdicas para estudantes do ensino fundamental e foi desenvolvido especialmente para a realidade amazônica.    

A professora Luana Teixeira, da comunidade Sagrado Coração de Jesus, atesta que o legado deixado pelo projeto aos alunos foi importante para que eles pudessem ampliar a visão sobre utilização correta da água no lugar onde vivem.  

É muito importante para as comunidades abraçarem o projeto, o mais interessante foi perceber que os pais dos alunos também passaram a se engajar nas atividades. Eles aprenderam, através dos filhos, a como tratar e purificar a água, além de entender mais sobre descarte correto do lixo e reciclagem”, destaca Luana.  

Os professores aplicaram também uma pesquisa com o objetivo de levantar a atual situação dos estudantes em temas que envolvem desde a higiene pessoal e tratamento da água para beber até o descarte de resíduos. Essa pesquisa pretende estabelecer um ponto de referência a qual o projeto poderá se basear para, futuramente, realizar uma avaliação de resultados e avaliar o impacto gerado. Além disso, foi feito o acompanhamento de ações de infraestrutura em andamento e articulação da iniciativa de gestão de resíduos para o município e comunidades.     

Swarovski Waterschool – Escolas D’Água Brasil 

O Programa Swarovski Waterschool visa capacitar crianças e suas comunidades em todo o mundo para se tornarem embaixadores da água, fornecendo ferramentas e treinamento que abordam seus desafios hídricos locais. O Programa está presente em escolas próximas a grandes rios em oito países: Áustria, Brasil, China, Índia, Uganda, Estados Unidos, Tailândia e Austrália. Saiba mais em: www.swarovskiwaterschool.com. 

No Brasil, o projeto é coordenado pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e está presente no Amazonas e no Pará. Além do componente de educação para cuidados com a água, o projeto ainda promove melhorias de infraestrutura em escolas, fortalece iniciativas sustentáveis de grupos de jovens e promove campanhas de conscientização. 

Sobre a FAS 

Fundada em 2008 e com sede em Manaus/AM, a Fundação Amazônia Sustentável (FAS) é uma organização da sociedade civil e sem fins lucrativos que dissemina e implementa conhecimentos sobre desenvolvimento sustentável, contribuindo para a conservação da Amazônia. A instituição atua com projetos voltados para educação, empreendedorismo, turismo sustentável, inovação, saúde e outras áreas prioritárias. Por meio da valorização da floresta em pé e de sua sociobiodiversidade, a FAS desenvolve trabalhos que promovem a melhoria da qualidade de vida de comunidades ribeirinhas, indígenas e periféricas da Amazônia. 

 

Créditos da imagem: Laryssa Gaynett