Na COP27, Fundação Amazônia Sustentável acompanha entrega de carta divulgada por governadores dos nove estados da Amazônia Legal - FAS - Fundação Amazônia Sustentável

Na COP27, Fundação Amazônia Sustentável acompanha entrega de carta divulgada por governadores dos nove estados da Amazônia Legal

Na COP27, Fundação Amazônia Sustentável acompanha entrega de carta divulgada por governadores dos nove estados da Amazônia Legal
novembro 16, 2022 FAS

Na COP27, Fundação Amazônia Sustentável acompanha entrega de carta divulgada por governadores dos nove estados da Amazônia Legal

16/11/2022
Grupo de pessoas entregando carta divulgada por governadores dos nove estados da Amazônia Legal ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva durante a 27ª Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (COP27).

Os governadores dos nove estados da Amazônia Legal, em carta entregue ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva durante a 27ª Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas (COP27), apontam que a saída para a adequação da economia brasileira no pós-pandemia passa, necessariamente, pelo bioma. Reconhecem, também, que o modelo de desenvolvimento vigente trouxe o custo de ser ambientalmente devastador e pedem uma nova cooperação entre os estados amazônicos e o Governo federal. 

Em discurso realizado no evento, o presidente eleito frisou a volta do Brasil ao centro do debate climático mundial e os esforços para um maior alinhamento com governadores e prefeitos de cidades da Amazônia brasileira no combate do desmatamento ilegal.  

Para o superintendente geral da FAS, Virgilio Viana, a fala do presidente e o atual momento que o Brasil se encontra deixam uma mensagem de esperança e reafirmam a relevância do país nas negociações internacionais sobre clima. 

“O Brasil vai recuperar o seu prestígio perdido e isso é muito importante, em especial, porque nós vivemos uma crise climática, que se transformou em uma emergência. Por isso, precisamos mais do que nunca de lideranças com capacidade de mobilizar atores e conseguir acordos para que possamos enfrentar os desafios da mudança climática de forma séria e eficaz”, afirma Virgilio. 

Ainda no evento, o presidente Lula confirmou que pedirá à Organização das Nações Unidas (ONU) para a Amazônia sediar a Conferência do Clima em 2025. “Na Amazônia, tem dois estados aptos a receber qualquer conferência internacional, que é o estado do Amazonas e o estado do Pará”, destacou. 

Sobre essa possibilidade, Virgilio comenta que seria a realização de um sonho e mostra que o país está comprometido com a mitigação dos problemas gerados pela crise climática.  

“Esse anúncio coloca o Brasil de volta no centro das negociações internacionais que podem beneficiar o país diretamente, além de contribuir para solucionar o desafio global que afeta toda a humanidade”, finaliza o superintendente.  

Sobre a FAS   

Fundada em 2008 e com sede em Manaus/AM, a Fundação Amazônia Sustentável (FAS) é uma organização da sociedade civil e sem fins lucrativos que dissemina e implementa conhecimentos sobre desenvolvimento sustentável, contribuindo para a conservação da Amazônia. A instituição atua com projetos voltados para educação, empreendedorismo, turismo sustentável, inovação, saúde e outras áreas prioritárias. Por meio da valorização da floresta em pé e de sua sociobiodiversidade, a FAS desenvolve trabalhos que promovem a melhoria da qualidade de vida de comunidades ribeirinhas, indígenas e periféricas da Amazônia. 

 

Créditos da imagem: Ricardo Stuckert