Projeto leva ações de educação e cultura a jovens da RDS Uacari e Resex Médio Juruá : FAS Amazônia
28/04/2015
Outros

Projeto leva ações de educação e cultura a jovens da RDS Uacari e Resex Médio Juruá


Em uma ação inovadora, a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) realiza atividades envolvendo crianças e adolescentes de 250 famílias que vivem nas comunidades ribeirinhas das Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Uacari e Resex Médio Juruá – o Projeto Quem Ama Cuida. A iniciativa é executada pela Associação de Moradores da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Uacari (Amaru) e tem como parceiros Banco Bradesco, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA) e Prefeitura de Carauari. Confira o vídeo do projeto!

As atividades ocorrem nos intervalos do período escolar, focadas na educação familiar e desenvolvimento das habilidades dos participantes. Temas como conhecimento em informática, práticas de instrumentos musicais, arquearia, artesanato e lazer fazem parte do programa. Foram adquiridos, para o projeto, 15 computadores, 26 violões, seis teclados, 20 pandeiros e 20 atabaques.

A noção de pertencimento social, trabalhando o contexto em que as crianças estão inseridas para que valorizem sua realidade, é uma das prioridades do Quem Ama Cuida. Há, também, um trabalho junto aos professores das escolas para inserir a realidade ribeirinha dentro do conteUdo acadêmico. Junto à família é feito acompanhamento psicossocial, valorizando o papel da mãe e do pai na formação do indivíduo.

Em 2014, três grandes seminários trabalharam a questão dos Direitos da Criança e do Adolescente, além de temas de relevância social como combate à prostituição infantil, comportamento familiar, higiene pessoal, combate ao uso das drogas e problemas como alcoolismo. Mensalmente, o Quem Ama Cuida promove seminários que norteiam o conteUdo dos encontros maiores.

A FAS realizou a articulação de recursos, prestou assessoria à Amaru para a elaboração de projetos, e também acompanha a execução. Quanto à avaliação inicial, o projeto tem balanço muito positivo. Familiares de crianças e adolescentes que participaram das atividades relatam, por exemplo, que a relação familiar vem sendo valorizada de forma significativa.

O projeto é gerido com recursos do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (Fumcad), a partir da doação de R$ 1 milhão realizada pelo Bradesco. As atividades de planejamento ocorreram em maio de 2014. A execução foi iniciada em junho, com seminários e oficinas. A meta é concluir a iniciativa no primeiro semestre de 2015.