Reportagem Educação para o Desenvolvimento Sustentável - FAS - Fundação Amazônia Sustentável

Reportagem Educação para o Desenvolvimento Sustentável

 A FAS implantou 9 Núcleos de Inovação e Educação para Desenvolvimento Sustentável (Nieds) em comunidades ribeirinhas na Amazônia, garantindo acesso ao ensino formal para 7626 estudantes e, através da realização de oficinas, cursos livres e workshops, capacitou 24.285 pessoas e 2.113 professores

Tão grande e diversa como é, a Amazônia merece ser vista como se apresenta, plural. As muitas “Amazônias que coexistem na região impõem desafios, à medida em que ensinam lições únicas que são marcantes para o desenvolvimento. Presente e integrada nos territórios, a FAS incentiva modelos de práticas educacionais que dialogam com as realidades locais, entendem as demandas comunitárias e valorizam os saberes dos povos da floresta. Tudo em uma dinâmica na qual mestres e estudantes trocam experiências e aprendem juntos.   

Os Núcleos de Inovação e Educação para o Desenvolvimento Sustentável (Nieds) são a concretização dessa maneira de pensar e promover educação. Construídos pela FAS em áreas remotas da Amazônia, os núcleos dispõem de salas de aula, refeitório, biblioteca, laboratório de informática e unidades de produção agroecológica. As infraestruturas contam ainda com conectividade à internet, fundamental para o ensino à distância. 

Casarão Punã, após reforma realizada pela Fundação Amazônia Sustentável (FAS). Esse espaço é dedicado para aulas e atividades de educação envolvendo toda a comunidade.
Foto: Samara Souza

Em dez anos da iniciativa, 9 núcleos foram construídos e estão ativos em 7 Unidades de Conservação (UCs) na Amazônia. Os Nieds oferecem acesso à educação de qualidade para crianças, jovens e adultos com ensino básico, técnico, profissionalizante e superior. Além disso, os espaços sediam cursos e oficinas em temas como educomunicação, saúde e turismo. Universidades, empresas e governos nacionais e internacionais fazem parte de uma rede engajada que investe nas atividades dos núcleos. No total, 7.626 estudantes já foram atendidos pelos Nieds. 

Cleverson Paes é uma dessas pessoas. Em 2019, ele integrou uma das turmas no Núcleo Victor Civita, localizado na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Juma, estado do Amazonas.  

“Quero ser professor dentro dessa própria escola”, diz o adolescente da Comunidade Nova Jerusalém, a 300 quilômetros de Manaus. “Os meus colegas me deram apoio para eu conseguir meus sonhos e assim eu também vou estar com eles, sempre vou dar apoio para que eles possam realizar o sonho deles”. 

Formado no ensino médio pelo mesmo núcleo, o jovem Anaylson Ribeiro reflete sobre a importância que a experiência teve em sua vida. “Hoje eu posso garantir que essa escola foi a escola que eu cresci como ser humano, como pessoa e cidadão através do conhecimento”, afirma. 

Assista ao vídeo do Congresso da Juventude da Floresta, promovido pela FAS:

Para auxiliar a formação de professores de zonas rurais da Amazônia, nos núcleos também são realizadas capacitações para docentes. Os desafios da educação no campo são abordados, assim como técnicas e metodologias para tornar o ensino mais igualitário e aberto à diversidade. Mais de 2.000 professores já foram capacitados por projetos de educação da FAS. 

“É muito gratificante a gente poder conviver com uma realidade totalmente diferente da cidade, e a gente também poder contribuir para essa floresta, para esses saberes, esses valores não sejam esquecidos, não sejam extintos da nossa convivência do dia a dia”, declara Edna dos Anjos, professora no NIEDS na Comunidade Tumbira, na RDS Rio Negro. “Meu sonho é ver que todos meus alunos consigam se formar e cheguem ao ensino superior, mas sem deixar suas raízes, suas crenças, do seu interior. Poder se formar e voltar para sua comunidade, para colaborar que ela enriqueça, engrandeça os valores da nossa terra”. 

Foto de professora que atua em comunidade no interior do Amazonas.
Edna dos Anjos, professora no Núcleo de Inovação e Educação para o Desenvolvimento Sustentável (Nieds) na Comunidade Tumbira (AM). Foto: Samara Souza 

Confira o Radar Educacional Amazônico, publicação que mapeou iniciativas promissoras para a educação de populações tradicionais na Amazônia, entre elas, os Nieds: