Terceira seletiva do Floresta Fest acontece em Maués : FAS Amazônia
19/08/2010
Outros

Terceira seletiva do Floresta Fest acontece em Maués


Por Monick Maciel

Manaus (AM) – A terceira seletiva do Festival de Música da Floresta – Floresta Fest acontecerá no próximo sábado (dia 21), no município de Maués (a 268 quilômetros de Manaus), na sede do Museu do Homem. De lá sairá mais um finalista para a etapa final do festival, no dia 15 de novembro, em Manaus.

Até o momento, o festival já tem duas finalistas: a dona de casa Alcenira Gomes, 60, vencedora da seletiva na RDS do Uatumã; e a estudante Estefane Barbosa de Lima, 13 anos, vencedora da seletiva na RDS do Rio Negro, realizada no último sábado (dia 14).

FlorestaFest

Estefane Barbosa venceu a seletiva de Novo Airão (Crédito Monick Maciel)

A seletiva de Novo Airão foi a segunda das dez que serão realizadas com a proposta de reunir representantes das 15 unidades de conservação atendidas pelo Programa Bolsa Floresta. Em algumas seletivas serão concentradas mais de uma UC, este foi o caso desta segunda seletiva.

O Floresta Fest é uma iniciativa da Fundação Amazonas Sustentável – FAS, em parceria com o grupo Imbaúba, e visa reunir canções que contemplem temáticas sobre o cotidiano das populações amazônicas e seu universo cultural.

FlorestaFest (Foto: Monick Maciel)

Candidatos participam de oficina musical (Foto: Monick Maciel)

 “Estou muito feliz por poder representar minha comunidade, falando da beleza da natureza do lugar onde nasci”, fala Estefane Barbosa, que defendeu a música “Floresta de Riquezas”, de sua autoria. Em um dos trechos da música, ela destaca a riqueza da Amazônia: “Tem boto tucuxi, ariranha, paca, jaraqui/ E a anta pitá / Revelando a paz no meu lugar/ Castanheira frondosa faz sombra para me deitar”.

Para participar do festival, o candidato deve pegar, gratuitamente, o formulário de inscrição juntamente com os presidentes das associações das UC´s ou técnicos da FAS, durante a visita técnica à reserva, conforme o prazo estipulado para cada seletiva regional. “Para nós da FAS esse festival é uma oportunidade de valorizar e dar voz às comunidades moradoras das unidades de conservação, e isso nos dá grande satisfação”, afirmou.

Apresentação grupo Imbaúba durante no final da seletiva em Novo Airão (Foto: Monick Maciel)

Sempre um dia antes da seletiva regional, o grupo Imbaúba realiza uma oficina de composição musical. “É uma oportunidade de dar alguns toques ao candidato sobre o arranjo da música, sobre a composição musical, e transformar essa música num produto de abrangência nacional e internacional”, comentou Celdo Braga.

Na classificatória final, os três primeiros colocados serão premiados com R$ 5 mil (1º lugar), R$ 3 mil (2º lugar) e R$ 2 mil (3º lugar).  Além disso, os vencedores das seletivas regionais terão sua música gravada em uma coletânea do festival.

“Queremos reunir os talentos das 15 unidades de conservação, e com esses talentos formatar um trabalho profissional para gravar um CD. É uma forma de incentivar os comunitários a mostrar seus valores e seus talentos”, afirmou Celdo Braga.