Ação de limpeza recolhe mais de 2 toneladas de resíduos do igarapé Tarumã-Açu : FAS Amazônia
10/09/2021
Cidades Sustentáveis | Notícias

Ação de limpeza recolhe mais de 2 toneladas de resíduos do igarapé Tarumã-Açu


A primeira ação de limpeza do projeto ‘Plástico Zero nos Igarapés de Manaus’, uma iniciativa da Fundação Amazônia Sustentável (FAS), Coca-Cola Brasil e Grupo Simões para redução da poluição por resíduos plásticos nos cursos d’água da capital amazonense, aconteceu no último final de semana com o apoio de 75 voluntários. Juntos, eles recolheram duas toneladas de resíduos do igarapé Tarumã-Açu, situado na Zona Oeste da cidade.

A atividade foi realizada em parceria com voluntários dos projetos Remada Ambiental e Igarapés Limpos, além de colaboradores do Grupo Simões. Os resíduos foram recolhidos com o apoio da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) e destinados à Associação de Catadores de Materiais Recicláveis, que fez a limpeza, reaproveitamento e descarte correto do plástico.

O diretor de Relações Governamentais da Coca-Cola Brasil, Victor Bicca, destaca que o projeto Plástico Zero nos Igarapés de Manaus é uma iniciativa inédita e representa um passo importante na busca de soluções sustentáveis para a questão da poluição fluvial na Amazônia.

“Acreditamos que esta ação é apenas o primeiro passo para ajudar na recuperação e na conservação das bacias fluviais no Amazonas. A Coca-Cola Brasil atua há 30 anos no estado investindo no desenvolvimento local e a parceria com a FAS faz parte desse histórico”, afirma.

O projeto visa a criação de um modelo de construção participativa, alinhado à Política Nacional de Resíduos Sólidos. Segundo a supervisora da agenda de Cidades Sustentáveis da FAS, Cristine Rescarolli, o projeto terá três frentes. A primeira é a de mapeamento de soluções inovadoras, a nível mundial, para a problemática do descarte incorreto do plástico após o consumo.

“Além de retirar o resíduo plástico do meio ambiente, estas soluções visam a geração de renda para catadores e coletores que atuam no processo de retirada e reciclagem desse material. A ação de limpeza é apenas uma das frentes do projeto, que também envolve o mapeamento de soluções inovadoras para a poluição por plástico e um diagnóstico da população que vive nas regiões mais atingidas por esse problema”, explica Cristine.

A segunda frente será o diagnóstico da realidade da população situada nas áreas da Marina do Davi e do Porto de Manaus, regiões que sofrem bastante com a poluição das águas. O objetivo é identificar as características locais e pensar em formas para lidar com os resíduos dessas áreas.

“O intuito é realizar oficinas de educação ambiental voltadas para essas populações, levando a sensibilização em relação ao descarte correto dos resíduos sólidos”, completa a supervisora. As oficinas ocorrerão entre setembro e outubro, com atividades de sensibilização.

O Grupo Simões, engarrafador da Coca-Cola Brasil, além de possuir uma marca própria de água mineral, a Belágua, também participou da ação de limpeza. Segundo o diretor geral de Bebidas, Lucas Simões, é essencial apoiar ações como o projeto “Plástico Zero nos Igarapés de Manaus. “Acreditamos nessa iniciativa pela oportunidade de levarmos a coletividade à reflexão acerca da problemática do descarte e destinação de resíduos. Ações como essas contribuem com a conscientização e quem sabe futuramente, na melhoria desse cenário”.