Atletas indígenas conquistam prata e bronze no 3º Campeonato Sul-americano, na Argentina : FAS Amazônia
02/08/2016
Outros

Atletas indígenas conquistam prata e bronze no 3º Campeonato Sul-americano, na Argentina


Atletas indígenas conquistaram prata e bronze no 3º Campeonato Sul-americano de Tiro com Arco, realizados entre os dias 23 e 28 de julho em Porto Iguazu, na Argentina. Os jovens fazem parte do Projeto Arquearia Indígena do Amazonas, desenvolvido pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS) em parceria com apoio do Banco Bradesco, Grupo Bemol/Fogás,  Val Group  e Escolas La Salle para incentivar a modalidade e resgatar a autoestima das populações indígenas do Estado. 

Estiveram na Argentina os amazonenses da etnia Karapãna, Gustavo Paulino dos Santos (Ywitu), Nelson Silva de Moraes (Inha), e o atleta kambeba Drean Braga da Silva (Iagoara). Gustavo conquistou prata na categoria juvenil masculina, e bronze na categoria de duplas mistas. Nelson ficou com prata na categoria equipe cadete.

No rankeamento dos atletas em nível sul-americano, Nelson cravou ouro na categoria cadete, Gustavo conquistou a medalha de prata na categoria juvenil, e o atleta Dream Braga conquistou o bronze também na categoria juvenil.

“Estou surpreso com o resultado dessa competição, porque não esperávamos alcançar tamanho desempenho na América toda. Agora é seguir a preparação para as próximas competições”, explica Gustavo, que foi um dos condutores da tocha olímpica em Manaus, no dia 19 de junho.

O projeto é desenvolvido em parceria com a Federação Amazonense de Tiro com Arco (Fatarco), a Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), as Escolas La Salle, a Confederação das Organizações e Povos Indígenas do Amazonas (Coipam) e a Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab).

Competições internacionais

Essa é a quarta competição internacional que atletas indígenas do projeto participam. Em maio deste ano, os jovens conquistaram prata e bronze no 23º Panamericano de Tiro com Arco, realizado na Costa Rica. Nelson Silva, o Inha, conquistou a prata na AAE ArizonaCup, realizada em Phoenix, nos Estados Unidos. E a atleta Graziela Paulino representou o Amazonas no Ultimo mundial de tiro com arco, realizado na Turquia em maio deste ano.

Sobre o projeto

O projeto Arquearia Indígena do Amazonas tem o objetivo de contribuir para a popularização da modalidade esportiva e fortalecer a imagem e autoestima das populações indígenas da Amazônia. 

A iniciativa foi aprovada na Lei de Incentivo ao Esporte (Lei nº 11.438), e conta com o patrocínio das Lojas Bemol, Fogás e Val Group. A ação apoiou de forma inédita a formação de atletas de alto rendimento e o fortalecimento da equipe brasileira de tiro ao arco para competições locais, nacionais e internacionais, incluindo a Olimpíada Rio 2016.