EnglishFrenchPortugueseSpanish

Clube de compras inédito incentiva a venda sustentável de pirarucu manejado da Amazônia

Clube de compras inédito incentiva a venda sustentável de pirarucu manejado da Amazônia
dezembro 20, 2022 FAS

Clube de compras inédito incentiva a venda sustentável de pirarucu manejado da Amazônia

Modelo de comercialização inovador voltado para restaurantes, hotéis e empórios fomenta a cadeia do pirarucu e beneficia mais de 200 famílias em comunidades ribeirinhas.

20/12/2022

Para incentivar o desenvolvimento da cadeia de manejo sustentável do pirarucu, a Fundação Amazônia Sustentável (FAS) lançou o ‘Piraruclub’, um modelo de comercialização inovador feito por uma plataforma de assinatura anual para compra do pescado. A venda é realizada por meio de combos de pirarucu elaborados sob medida, com cortes especiais, garantia de entrega e qualidade do produto final, além de um conjunto de benefícios e vantagens para os associados. As cotas exclusivas são voltadas para restaurantes, hotéis e empórios. 

O Piraruclub, primeiro clube de compra sustentável da espécie conhecida como “gigante da Amazônia”, é uma iniciativa da FAS em parceria com a Associação dos Moradores e Usuários da RDS Mamirauá Antônio Martins (Amurman), Bradesco, Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Amazonas (Sema), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). 

O clube de compras faz parte da estratégia da FAS para incentivar a cadeia produtiva do pirarucu, que inclui ações como investimento na infraestrutura produtiva, gestão da produção, capacitação e gestão de negócios para os manejadores, agregação de valor no mercado e comercialização do pirarucu, além do incentivo ao empreendedorismo e inovação dos negócios comunitários. 

Entre as vantagens para os associados do Piraruclub, estão a entrega programada de um produto com qualidade garantida, com o melhor custo benefício, rastreabilidade do pirarucu e compra direta com o manejador, fortalecendoe apoiando toda a cadeia produtiva do pescado. De acordo com o gerente do Programa de Empreendedorismo e Negócios Sustentáveis da Amazônia da FAS, Wildney Mourão, a iniciativa vai beneficiar mais de 200 famílias em 25 comunidades ribeirinhas do Amazonas. 

“Esse projeto vai tornar conhecido e reconhecido o pirarucu manejado da Amazônia, o que vai viabilizar novas oportunidades de mercados que garantam um preço mais justo do pirarucu e, assim, promover impacto positivo na melhoria de renda das famílias manejadoras”, afirma Wildney. 

Segundo o gerente, o objetivo do Piraruclub é  sensibilizar o mercado consumidor para o manejo do pirarucu, uma prática sustentável que acontece durante o ano todo por meio de um sistema de manejo responsável, organizado e ambientalmente correto. “Esse trabalho de manejo é resultado da organização social comunitária, da capacidade de realizar um planejamento produtivo participativo que garante o uso racional e consciente dos estoques do peixe nas Unidades de Conservação”, completa. 

O clube de compras também pretende melhorar o posicionamento mercadológico do peixe mais nobre da Amazônia, sobretudo no que tange a agregação de valor, com uma plataforma comercial inteligente, sustentável e recorrente que melhore a experiência de compra dos clientes. “Vamos abordar um conceito novo, a Saudabilidade, para comunicar os principais benefícios do pirarucu para saúde dos consumidores dessa carne incrível do gigante da Amazônia”, acrescenta. 

Associações aprovam iniciativa 

Entre os associados do Piraruclub, está a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes Seccional Amazonas (Abrasel Amazonas), presente em Manaus e oito municípios do estado. O presidente da associação, Rodrigo Zamperlini, classifica o Piraruclub como uma proposta inovadora, que agrega o fornecimento de pirarucu de manejo da RDS de Mamirauá. “É uma iniciativa que irá melhorar a renda da comunidade envolvida na pesca e manejo do peixe, entregará um produto de qualidade aos estabelecimentos e merece o apoio da Abrasel”, declara. 

O presidente da Abrasel destaca as vantagens do clube de compras sustentáveis, como o  valor fixo e acessível associado ao selo de qualidade da FAS. “Ao usar o selo que está sendo desenvolvido pela FAS e promover a logomarca de seu negócio no site do projeto, é possível ajudar no aumento do seu movimento. Também terá preferência na aquisição de novos produtos que poderão ser lançados, além de receber, ao longo do ano, outros insumos já produzidos na comunidade, como farinha, óleo vegetal e guaraná. É uma relação comercial com desdobramentos sociais e ambientais muito positivos e ganhos mútuos”, diz Zamperlini. 

Outro associado do Piraruclub é o Amazonas Cluster de Turismo, que agrega 30 empresas no segmento de hospedagem urbana, de selva e de barco hotel na região amazônica. Segundo o presidente, Ricardo Pedroso, o convite feito pela FAS foi recebido como uma oportunidade de participar de projetos com cunho socioambiental elevado, um dos objetivos do cluste. “Um de nossos associados, a Pousada Uacarí – Mamirauá de Tefé, e outros associados, já compravam o pirarucu manejado. Então, o projeto só veio dar uma certificação nas ações que já fazíamos, com o plus do selo do Piraruclub”, afirma. 

Para Ricardo, a adesão das empresas do Amazonas Cluster de Turismo ao Piraruclub vai reforçar as relações de confiança com o consumidor. “No mercado de turismo, o enfoque nos produtos certificados, com relevância socioambiental, é requerido pelo mercado consumidor. Consumidor esse que está mais exigente, em busca de produtos de alta qualidade, com certificado de origem e conseguindo através de uma relação de sustentabilidade”, argumenta. 

Conheça as cotas 

O Piraruclub inicia as atividades com três tipos de cota: Cota Sustentável, Cota Pirarucu e Cota Premium. Todas elas possuem plano de assinatura anual e dão ao comprador um selo sustentável exclusivo que certifica a procedência e qualidade do pirarucu adquirido. 

A Cota Sustentável consiste em um combo mensal de 100 quilos de filé e ventrecha por R$ 27,52/quilo. Já a Cota Pirarucu disponibiliza 150 quilos de filé e ventrecha ao mês, a R$ 24,35/quilo. Este combo acompanha duas opções de kit sustentável, um com farinha e óleo vegetal, e outro com geleia de cacau, guaraná e produtos de artesanato. 

Já a Cota Premium inclui 100 quilos de filé de pirarucu ao mês, a R$ 39,52/quilo. Esta cota inclui, além das opções de kits sustentáveis, um pingente personalizado de pirarucu e um voucher exclusivo Day Tour para duas pessoas. 

Os interessados em adquirir uma das cotas do Piraruclub podem entrar em contato pelos contatos (92) 4009-8900 e (92) 8643-0178 (Whatsapp). 

 

Sobre a FAS    

Fundada em 2008 e com sede em Manaus (AM), a Fundação Amazônia Sustentável (FAS) é uma organização da sociedade civil e sem fins lucrativos que dissemina e implementa conhecimentos sobre desenvolvimento sustentável, contribuindo para a conservação da Amazônia. A instituição atua com projetos voltados para educação, empreendedorismo, turismo sustentável, inovação, saúde e outras áreas prioritárias. Por meio da valorização da floresta em pé e de sua sociobiodiversidade, a FAS desenvolve trabalhos que promovem a melhoria da qualidade de vida de comunidades ribeirinhas, indígenas e periféricas da Amazônia. 

 

Créditos da imagem: Rodolfo Pongelupe