Coca Cola é a nova parceira da FAS : FAS Amazônia
06/02/2009
Outros

Coca Cola é a nova parceira da FAS


Por Antonio Ximenes

A Coca Cola é a mais nova parceira  da Fundação Amazonas Sustentável (FAS). Com um aporte de R$ 20 milhões, ela se une ao Governo do Estado do Amazonas e ao Banco Bradesco – co-fundadores da fundação. A cerimônia que selou a entrada da Coca Cola na FAS aconteceu hoje (06/02/09) no Centro Cultura dos Povos da Amazônia, na Bola da Suframa, em Manaus, Amazonas. O presidente da Coca Cola Brasil, Xiemar Zarazúa, disse que “a visão da FAS  se casa perfeitamente com nossa plataforma de meio ambiente. E a participação nesta iniciativa foi inspirada pelo governo do Estado do Amazonas”.


Cheque simbólico no valor da doação feita pela Coca-Cola à Fundação Amazonas Sustentável

Ele cumprimentou também o parceiro Bradesco, por ter sido a primeira empresa a se associar à FAS. Nesta direção destacou a importância do presidente da FAS, Luiz Fernando Furlan, e do diretor geral da fundação, Virgilio Viana.”Pela capacidade deles de colocarem em funcionamento uma estrutura complexa em áreas imensas em tão pouco tempo”. Zarazúa frisou ainda que na “Coca Cola, mundialmente, acreditamos que o meio ambiente faz parte integral do nosso negócio. Quando planejamos nossas operações, sempre incluímos a preocupação com o planeta em tudo o que fazemos”.


Presidente do Conselho Administrativo da Fundação Amazonas Sustentável, Luiz Fernando Furlan (à direita), cumprimenta o presidente da Coca Cola Brasil, Xiemar Zaraúza na cerimônia que oficializou a parceria entre a Coca Cola Brasil e a FAS (Crédito: Antonio Lima)

Sucesso

O presidente da FAS, Luiz Fernando Furlan, disse que a entrada da Coca Cola na fundação  mostra que o “projeto de conservação da maior floresta tropical do mundo está dando certo,porque tem transparência, governança, seriedade e parceiros que acreditam que o combate às mudanças climáticas é uma responsabilidade de todos”.

Ele destacou, igualmente, que Bradesco e Coca Cola são empresas conceituadas mundialmente e que conferem um crédito maior à fundação. “Em 2008 a FAS beneficiou mais de 4 mil famílias. Até junho de 2009 serão  beneficiadas mais duas mil famílias e, tudo indica, que em dezembro de 2009 serão atendidas dez  mil famílias ao todo”.

A fala de Furlan entusiasmou o governador do Estado do Amazonas, Eduardo Braga, que disse que “a entrada da Coca Cola na FAS permitirá que as comunidades que vivem nas 34 unidades de conservação tenham melhor qualidade de vida, através das iniciativas do Bolsa Floresta. Fico muito feliz que a meta para 2009 seja de dez mil famílias se beneficiando com o Bolsa Floresta Familiar”.

Braga adiantou-se dizendo que ” fará tudo dentro das suas possibilidades  para que os amazonenses, a começar pelos  cerca de 85 mil servidores públicos do Estado, possam adquirir os produtos Bradesco com a marca FAS.Ele observou ainda que a presença da Coca Cola é fruto de um trabalho sério e de responsabilidade socioambiental que tem pautado o seu governo na área”. Lembrou ainda que a Coca Cola é parceira do Estado de longa data, como no Festival de Parintins. “A FAS concentra as maiores empresas do Brasil e do mundo e isso é sinal de credibilidade para o Estado o que muito nos deixa feliz”.

O diretor executivo do Bradesco, Domingos Figueiredo de Abreu, disse que a “Coca Cola é muito bem-vinda e que o Bradesco, na condição de co-fundador, se sente muito bem acompanhada  com uma empresa do porte e da tradição dela.” Vamos trabalhar juntos em prol da conservação do planeta, a partir da preservação da floresta amazônica nas 34 unidades de conservação”.


Da esquerda para a direita, diretor geral da FAS, Virgilio Viana, presidente do Conselho, Luiz Fernando Furlan, e o diretor técnico-científico, João Tezza seguram o cheque simbólico de doação da nova parceira, a Coca Cola Brasil. (Crédito: Antonio Lima)