EnglishFrenchPortugueseSpanish

Com sete toneladas à venda, FAS realiza últimas feiras de peixe manejado de rio do ano

Com sete toneladas à venda, FAS realiza últimas feiras de peixe manejado de rio do ano
dezembro 6, 2022 FAS

Com sete toneladas à venda, FAS realiza últimas feiras de peixe manejado de rio do ano

Peixe de rio tem origem na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (RDS) e beneficia diretamente comunidades ribeirinhas do Médio Solimões.

06/12/2022
Homem cortando peixe na Feira da FAS, realizada pela Fundação Amazônia Sustentável em parceria com a Associação dos Moradores e Usuários da RDS Mamirauá Antônio Martins (Amurman).

Entre os dias 8 e 9 de dezembro, a Fundação Amazônia Sustentável (FAS) e a Associação dos Moradores e Usuários da RDS Mamirauá Antônio Martins (Amurman) realizam a última feira de peixe de rio manejado do ano. Nessa edição, o pirarucu estará à venda no dia 8, quinta-feira, e no dia 9, sexta-feira, será a venda de tambaqui.

O pescado estará à venda de 7h às 12h ou enquanto durarem os estoques na sede da FAS, localizada na Rua Álvaro Braga, 351, no bairro Parque Dez de Novembro.

Serão comercializadas sete toneladas de peixe resultado das atividades de manejo de pesca legal realizadas na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá, localizada no município de Fonte Boa (a 718 quilômetros de Manaus), sendo aproximadamente 70 pirarucus, que representam cerca de 3,4 toneladas de pescado, e quatro toneladas de tambaqui, o equivalente a cerca de 1,1 mil peixes. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a FAS, a Associação dos Moradores e Usuários da RDS Mamirauá Antônio Martins (Amurman) e o Bradesco.

Nesta Feira do Pirarucu, o peixe é proveniente de famílias da Comunidade Remanso, totalizando 13 famílias que serão beneficiadas com a venda em Manaus. “Toda a renda arrecadada com a venda do pirarucu e tambaqui é revertida para as famílias, que participam das ações de manejo. Isso beneficia diretamente o pescador e as comunidades”, comentou o gerente do Programa Floresta em Pé da FAS e coordenador da feira, Edvaldo Corrêa.

No dia 8, serão vendidas 3,4 toneladas de pirarucu fresco. Os valores são R$ 19 o quilo da manta, R$ 28 o quilo do filé, R$ 15 o quilo da ventrecha e R$ 7 o quilo da carcaça.

No dia 9 serão vendidas as 4 toneladas de tambaqui. Os valores variam de acordo com tamanho/kg do peixe. Tambaqui de até 4kg é R$ 10 o quilo, os de 4,001 a 5kg é R$12 o kg, os de 5,001 a 6,999 kg é R$14 reais o kg e acima de 7 kg, o pescado fica em R$18 reais o quilo. Caso os estoques não acabem na sexta-feira, a feira também ocorrerá no sábado, dia 10.

A venda do pirarucu pela FAS tem apoio do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Amazonas (Sema), Instituto de Desenvolvimento Sustentável de Fonte Boa (IDSFB), além de apoio da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror).

 

Sobre a FAS

Fundada em 2008 e com sede em Manaus/AM, a Fundação Amazônia Sustentável (FAS) é uma organização da sociedade civil e sem fins lucrativos que dissemina e implementa conhecimentos sobre desenvolvimento sustentável, contribuindo para a conservação da Amazônia. A instituição atua com projetos voltados para educação, empreendedorismo, turismo sustentável, inovação, saúde e outras áreas prioritárias.

 

Créditos da imagem: Emile Gomes