FAS e Imazon capacitam rede de monitores do desmatamento nas reservas : FAS Amazônia
07/10/2010
Outros

FAS e Imazon capacitam rede de monitores do desmatamento nas reservas


Por Monick Maciel

O Imazon capacitou membros da equipe da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) em introdução a geotecnologia com o intuito de utilizar uma ferramenta de coleta de dados para validar o monitoramento do desmatamento dentro das unidades de conservação atendidas pelo Programa Bolsa Floresta.

O treinamento foi realizado na comunidade do Tumbiras, localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Rio Negro (Iranduba/AM), durante os dias 2 e 3 deste mês. A iniciativa faz parte de um convênio entre FAS e Imazon, no qual está estabelecido que o desmatamento nas UC´s do Bolsa Floresta será monitorado através do sensoriamento remoto e também em atividades de campo.

“Essa capacitação é uma etapa fundamental do sistema de monitoramento do desmatamento nas unidades de conservação, onde estamos implementando o Programa Bolsa Floresta. Estamos combinando o que existe de mais moderno em termos de análise de imagens geoprocessadas e verificação de campo”, destaca o superintendente geral da FAS, João Tezza Neto.

 monitoramento

Equipe durante o monitoramento (Fotos: Rosival Dias/FAS)

No total, 16 pessoas participaram do treinamento. A responsabilidade técnica do treinamento foi da FAS e do Imazon, no âmbito do convênio entre as instituições. Os instrutores foram Rafael Valente, da FAS, e Eron Martins, do Imazon. Participaram técnicos da FAS e do Centro Estadual de Unidades de Conservação (Ceuc), responsável pela gestão das unidades de conservação estaduais do Amazonas.

 monitoramento3

Esse foi o primeiro treinamento. A partir dele, funcionários da FAS receberão um equipamento de coleta de dados com o sistema operacional “andróide” (Google), que funciona através de telefonia celular. Os dados coletados em campo serão repassados pela equipe, através da internet, para alimentar a base de dados do PBF corrigindo possíveis imperfeições das imagens de satélites.

 monitoramento5

De acordo com Rafael Valente, coordenador de geoprocessamento de dados da FAS, o Imazon tem essa produção desenvolvida em Paragominas (PA), com o cadastro rural das propriedades do município. O que promoveu resultados na redução do desmatamento muito positivos.

 monitoramento6

Para Rafael Valete, a parceria entre FAS e Imazon aumenta a sensibilidade do monitoramento das imagens de satélite, porque sairá do Prodes (sistema via satélite) e vai para uma resolução mais compatível com a realidade ribeirinha. “Teremos um retorno do campo com uma agilidade muito grande, sempre verificando se os dados estão em conformidade com os satélites, vamos conhecer melhor a dinâmica da realidade da reserva”, ressalta.

 

O coordenador da FAS na regional Solimões, Rosival Dias, afirma que com a capacitação do Imazon, a equipe da FAS está mais preparada e compreendendo melhor como funciona a dinâmica do monitoramento. “O investimento que a FAS está fazendo na capacitação da equipe e em equipamento vão nos emponderar para o monitoramento do desmatamento, assim como de outras atividades da FAS, inclusive os investimentos, já que o questionário é bem completo”, diz.

 

Acompanhe as notícias da FAS no TWITTER: @fasamazonas