FAS lança obras literárias e educativas para jovens ribeirinhos e indígenas - FAS Amazônia : FAS Amazônia
31/08/2021
Eu Cuido da Amazônia | Notícias

FAS lança obras literárias e educativas para jovens ribeirinhos e indígenas


Para valorizar a cultura e promover a educação artística em comunidades do interior do Amazonas, a Fundação Amazônia Sustentável (FAS) lança duas obras nesta quarta-feira, dia 1º de setembro, a partir das 17h (horário Manaus). A coleção didática ‘Folharte’, voltada à prática da educação no campo e na floresta, e o livro ‘Conta Beiradão’ foram construídos a partir das experiências do Projeto Incenturita, promovido pela FAS e Instituto Alair Martins (Iamar) em benefício de jovens ribeirinhos e indígenas.

O lançamento será realizado com uma live no Instagram da FAS (@fasamazonia) e terá a participação da atriz e conselheira da instituição, Christiane Torloni; do gerente do Programa de Educação para a Sustentabilidade (PES) da FAS, Anderson Mattos; e do organizador das obras e coordenador do Projeto Incenturita, Emerson Pontes.

“As obras tiveram um processo de construção coletiva com os protagonistas dessas ações, que são os estudantes do Projeto Inceturita. Nossa expectativa é valorizar esses saberes e compartilhá-los com outros jovens e outras comunidades da Amazônia. A coleção ‘Folharte’ é um material didático para que os professores possam replicar as experiências do projeto, e o ‘Conta Beiradão’ reconta histórias que vêm passando de geração em geração, sob uma perspectiva única e criativa a partir do olhar dos jovens”, explica Anderson. 

Folharte

Primeira coleção didática de artes voltada inteiramente à prática da educação no campo e no interior da Amazônia, a ‘Folharte’ é composta por  quatro cadernos e um total de 50 atividades práticas, sugeridas para todo o ano escolar. Os temas dos cadernos são Dança, Teatro, Artes Visuais e Música. Todas as atividades foram desenvolvidas e validadas com jovens de comunidades do Amazonas, a partir da experiência no projeto Inceturita. A coleção é direcionada aos educadores que atuam nessas comunidades amazônicas.

“No Brasil é muito escasso o material de arte educação voltado às comunidades tradicionais. Em grande parte, o que vemos são publicações pensadas e acessadas somente para as cidades. Esta iniciativa da FAS, mediada pelo Incenturita, tem a missão de instrumentalizar educadores de outras regiões da Amazônia, oferecendo-lhes um respiro e ânimo ao suprir suas necessidades para juntos fortalecermos a Arte Educação das comunidades tradicionais de nosso território”, explica o responsável pela organização e concepção do material, Emerson Pontes.

Conta Beiradão

A segunda obra é o ‘Conta Beiradão’, livro de contos escrito por jovens indígenas e ribeirinhos do Amazonas. São mais de 60 histórias do cotidiano e imaginário de povos do beiradão amazônico. Os contos são ilustrados pelos jovens autores e pela artista indígena Auá Mendes.

“São jovens indígenas e ribeirinhos narrando o que vivem e querem viver, em primeira pessoa, a partir de suas experiências individuais, com a comunidade e a Floresta. É uma manifestação de culturas vivas. Há muito a aprendermos, lendo-lhes”, afirma Emerson Pontes.

Semana da Amazônia

O lançamento das obras faz parte da programação da Semana da Amazônia da FAS, organizada para celebrar o Dia da Amazônia (5 de setembro). Entre as atividades programadas, está a realização de um webinar sobre o futuro da floresta; lançamento de documentário sobre o trabalho de agentes de saúde do interior do Amazonas;  ação de limpeza de igarapés em parceria com a Coca-Cola Brasil e Grupo Simões, entre outras. A programação completa pode ser conferida nas redes sociais e no site da FAS: fas-amazonia.org.