FAS leva capacitação sobre primeira infância para agentes de saúde de Uarini-AM : FAS Amazônia
20/10/2015
Outros

FAS leva capacitação sobre primeira infância para agentes de saúde de Uarini-AM


O Projeto Primeira Infância Ribeirinha promoveu nos Ultimas dias 07 e 08 de outubro capacitação em desenvolvimento infantil para 22 agentes comunitários de saUde do município de Uarini-AM (570km de Manaus). A atividade deve beneficiar cerca de 2,5 mil famílias que vivem na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá, que compreende parte da zona rural do município, e foi realizada com apoio da Innova e do Bradesco, por meio do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD) de Uarini.
A capacitação teve por objetivo instruir os agentes de saUde da zona rural sobre a importância do desenvolvimento infantil de 0 a 6 anos, período decisivo para formação física e cognitiva das crianças. O Projeto desenvolveu um modelo de visitação domiciliar adaptado à realidade das famílias ribeirinhas, que foi entregue junto com um kit de 23 itens básicos contendo itens como materiais didáticos, balança e medidores de pressão. A atividade integrou o Projeto Amar para Conservar, uma parceria da FAS e Prefeitura de Uarini.
“O PIR, depois de consolidado na RDS do Rio Negro ganha novos horizontes, levando atenção básica para crianças de outras unidades de conservação, e principalmente uma nova metodologia de trabalho em desenvolvimento infantil, valorizando a família, a criança e a comunidade”, explicou a coordenadora do PIR, Rhamilly Amud.
A oficina contou com atividades de arte e educação, apoiadas pelo supervisor de arte e educação da FAS, Adriano Rodrigues, além da presença do secretário de saUde de Uarini, Davi Braga.

Sobre o PIR

O Projeto Primeira Infância Ribeirinha é uma iniciativa conjunta da FAS, Secretaria de Estado da SaUde do Amazonas (SUSAM) e Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS), que busca subsidiar o desenvolvimento de políticas pUblicas inclusivas para o desenvolvimento da primeira infância das crianças nas comunidades ribeirinhas no estado do Amazonas. O projeto conta com apoio do Projeto Primeira Infância Melhor (PIM-RS).