Fundação Amazonas Sustentável promove Side Event na COP 17 : FAS Amazônia
01/12/2011
Outros

Fundação Amazonas Sustentável promove Side Event na COP 17


A Fundação Amazonas Sustentável (FAS), além de ter seu estande no Exibition Pavilion, onde diversas organizações apresentam seus trabalhos, está organizando um evento paralelo que será no dia 02 de dezembro às 13:00. Com o nome Amazon Evening: troca de experiências Sul-Sul com a África, em parceria com o Center for International Forestry Research (CIFOR, sigla em inglês para Centro para Pesquisa Florestal Internacional) o objetivo do encontro será propor a discussão de como compartilhar experiências entre países e gerenciar melhor as florestas para a sua utilização sustentável e o benefício de seu povo. Os interessados em participar ainda podem se inscrever pelo email luiza.lima@fas-amazonas.org ou apenas comparecer ao local. Mais informações sobre o evento também estão disponíveis no site da FAS fas-amazonia.org  

COP 17 é realizada em Durban, na África do Sul

Para Virgílio Viana, superintendente geral da FAS, “a importância dessa COP é histórica, pois ela marcará o sucesso ou o fracasso nas negociações pós-Kyoto, principal preocupação de todos os participantes da Conferência”.

O que se sente nestes dois primeiros dias de COP 17, é um clima de grande expectativa, pois da decisão de ter ou não um novo documento que garanta as metas de redução de emissões pós 2012 – quando termina Kyoto, e como isso impactará de diferentes formas muitos países e seus setores – público, privado e também as ONGs.

REDD é um dos principais temas da COP

O tema REDD – Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação, que está entre os principais da COP, é um dos únicos que tem avançado nestes dois primeiros dias, independentemente da decisão sobre o que virá depois do fim do Protocolo de Kyoto.

Mais de 16 eventos só ontem (30/11) tiveram o tema REDD como destaque. A maioria contou com a participação de muitas pessoas, que não pouparam os palestrantes de perguntas.

Participar das negociações, palestras, workshops e discussões, mesmo que informais, sobre REDD é um dos objetivos da FAS na COP, uma vez que o Projeto Juma, um dos principais da organização, é referência mundial em projetos de REDD. Ele foi o primeiro do mundo a receber a classificação ouro no padrão Clima, Comunidade e Biodiversidade (CCB), foi eleito pela Rainforest Alliance como o melhor exemplo de monitoramento e metodologia de avaliação em 2010.

Ontem (30/11), a equipe da FAS se dividiu para acompanhar parte do que aconteceu com o objetivo de colaborar com as discussões internacionais por meio de seus projetos nas áreas de pagamento por serviços ambientais, REDD e tecnologias de organização social fruto de sua experiência com 569 comunidades em áreas de florestas. Os documentos e até as gravações em voz e vídeo dos principais eventos estão disponíveis, em inglês, no www.unfcc.int.