Lideranças participam do III Congresso das Populações Extrativistas : FAS Amazônia
06/11/2012
Outros

Lideranças participam do III Congresso das Populações Extrativistas


Dez lideranças de nove Unidades de Conservação (UCs) do Programa Bolsa Floresta estão em Macapá (AP), onde participam de reuniões com figuras importantes do cenário da sustentabilidade nacional, em um amplo debate sobre geração de renda. O III Congresso das Populações Extrativistas, promovido pelo Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS), reunirá hoje, dia 06, as ministras do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Gilberto Vargas e o Governador do Estado do Amapá, Camilo Capiberibe, além do senador amapaense João Capiberibe. O evento ocorre no Ceta Ecotel, na Rua do Matadouro, 640, Distrito da Fazendinha, desde ontem, dia 05, e se estenderá até sexta-feira, dia 09.

Durante todo o Congresso, serão abordadas questões sobre o desenvolvimento agrário, regularização e criação de novas áreas de usos extrativistas, planos de manejo, organização e gestão de territórios, além de tópicos sobre a Assistência Técnica e Extensão Rural â?? ATER, facilitador de ações de geração de renda sustentável ribeirinha. Essas questões fazem parte de uma programação ampla, reunindo comunitários e especialistas em mesas temáticas e grupos de trabalho.

Uma mesa abordará o tema da Reforma Agrária, discutindo um potencial mecanismo sustentável de produção e gestão territorial. Outra falará sobre a política de ATER, suas estruturas de produção e geração de renda, políticas pUblicas e manejo adequado dos recursos naturais. E ocorrerá também discussão,  sobre  a saUde das populações das florestas, incluindo o fortalecimento do Sistema Ã?nico de SaUde â?? SUS e o desenvolvimento deste como elemento fundamental da qualidade de vida na floresta. No dia 6, a mesa temática falará de educação e cidadania das populações da floresta.

Conselho em debate

Além de debater questões diretamente relacionadas à vida ribeirinha na floresta, o Congresso abrirá pauta para a solidez administrativa do CNS. No dia 7, estão previstas a aprovação do regimento interno institucional e a formação de uma comissão eleitoral, para definir os próximos passos da instituição.

Pela parte da tarde, estarão em curso Grupos de Trabalho, divididos e alinhados de acordo com a temática desta edição do Congresso, â??Desenvolvimento e Sustentabilidade na Ã?tica das Populações Extrativistasâ??. As atividades administrativas tomam continuidade no dia 8, a partir das 8h. Pela parte da manhã, serão aprovadas resoluções pelo conselho e à tarde, será empossada a nova direção do CNS.