Ministra do Clima e Ambiente da Noruega elogia ações da FAS no interior do Amazonas - FAS Amazônia : FAS Amazônia
14/12/2015
Outros

Ministra do Clima e Ambiente da Noruega elogia ações da FAS no interior do Amazonas


A Ministra do Clima e Ambiente da Noruega, Tine Sundtoft, se mostrou positivamente impressionada com as ações desenvolvidas pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS) em comunidades ribeirinhas do interior do Amazonas. A mensagem foi transmitida em uma carta entregue à FAS nesta sexta-feira (11), agradecendo pela hospitalidade durante visita realizada ao Rio Negro em setembro deste ano.
“Eu gostei muito da oportunidade de viajar por Manaus e pelo Rio Negro, e aprender sobre todas as contribuições importantes que o Bolsa Floresta prestou por meio do desenvolvimento das capacidades e do suporte técnico para as comunidades beneficiadas”, escreveu a ministra norueguesa.
Tina Sundtoft veio ao Brasil em 16 de setembro de 2015 para conhecer pessoalmente projetos apoiados pelo Fundo Amazônia/BNDES, e visitou localidades apoiadas pelo Programa Bolsa Floresta (PBF) na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Rio Negro, uma das 16 Unidades de Conservação (UCs) que recebem apoio da FAS.
“Eu me sinto feliz por ter falado com os líderes comunitários, pela interação com os moradores da comunidade do Tumbira (RDS Rio Negro). Por ter visto em primeira mão o que eles atingiram, sua determinação e conhecer as aspirações que lhe inspiraram”, relatou Tina.
A Noruega é o principal parceiro do Fundo Amazônia, e no Amazonas, tem no Bolsa Floresta um de seus principais projetos. Por meio do Programa, iniciativas de geração de renda e fortalecimento comunitário são desenvolvidos em 576 comunidades do interior do Estado, com mais de 1.400 projetos de apoio à geração de renda, e cerca de 890 projetos de apoio ao associativismo.
“Para mim, essa viagem confirmou mais uma vez como os investimentos são importantes para as pessoas que vivem dentro da floresta, melhorando seu padrão de vida enquanto protegem a floresta ao seu redor”, finaliza a ministra.