No Rio Negro, NCS Tumbira forma alunos em nível médio pela primeira vez : FAS Amazônia
22/03/2013
Outros

No Rio Negro, NCS Tumbira forma alunos em nível médio pela primeira vez


O Ultimo dia 15 de março marcou história no NUcleo de Conservação e Sustentabilidade (NCS) Agnello Bittencourt Uchoa, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS)  Rio Negro. A formatura da primeira turma de Ensino Médio da Escola Estadual Thomas Lovejoy, que faz parte do NCS, contou com a presença de pais e alunos, em uma solenidade organizada pelos próprios comunitários. Na ocasião, estiveram presentes representantes da Secretaria de Estado da Educação (SEDUC), da Prefeitura de Iranduba, além do superintendente técnico-científico da FAS, João Tezza.

O NUcleo formou seis alunos, das comunidades Tumbira, Terra Preta, e Santa Helena do Inglês. Essa é a primeira turma formada no Ensino Médio, que passou a ser ofertado pela escola em março de 2010. Antes do NCS, os ribeirinhos que desejavam prosseguir nos estudos deveriam decidir entre ir à cidade ou enfrentar todos os dias uma viagem de barco, que durava até quatro horas, apenas de ida.

Com apenas 19 anos, Romário Oliveira da Silva, morador da comunidade Terra Preta, era um deles. Todos os dias partia de casa 9h da manhã, para chegar à escola, que fica no município de Novo Airão-AM (115 km de Manaus). Com a inauguração do NUcleo, conta que ganhou nova oportunidade. Ele  foi primeiro a se formar da família.

“Essa conquista só foi possível graças ao apoio da minha família, dos amigos do NUcleo e da professora Jamile [Maquiné dos Santos], que em nenhum momento deixou de nos apoiar , e   ajudar nas horas difíceis”, revela.

A dona de casa Ivone Oliveira de Sousa (41) é mãe de Romário. Dos cinco filhos, dois estudam por meio do NUcleo. O irmão de Romário, Desovani (20), também é provável finalista deste ano. Em uma conversa com os três, uma lição foi aprendida: formar alunos no interior é mais desafiador do que na cidade.

“Com certeza o caminho pelo rio é mais difícil. [Antes do NCS] Todos os dias era uma agonia. Ã?s vezes, o Romário nem almoçava. Eram quatro horas longas dentro do barco, e mais quatro para voltar pra casa.  Com a escola do Tumbira facilitou, estamos mais perto”, comenta Ivone.

Para Inês Alencar, há mais de um ano diretora da escola e gestora do NCS do Tumbira, esses desafios vencidos por cada aluno servem como inspiração para o futuro.

“Tenha a certeza que essa formatura é uma experiência nova, que vai inspirar nosso NUcleo, outras escolas e novos colegas de hoje em diante”, discursa.

O Centro Social do Tumbira ainda foi palco de um grande baile, que reuniu formandos e comunitários com show ao vivo.

A relação completa dos formandos de 2012

Silas Meireles de AraUjo, Romário Oliveira da Silva, Nádia LUcia da Silva Garrido, Maria Ozana Rodrigues de Mendonça, Juciane Santos da Silva, José Roberto Nascimento da Silva Junior.

NUcleos de Conservação e Sustentabilidade (NCSs)

Os NUcleos têm o papel de promover e incentivar ações de educação nas RDSs. A partir deles são ofertadas educação formal e cursos complementares para estudantes do Ensino Fundamental e Médio, além de cursos de capacitação e qualificação profissional voltados para todo pUblico residente nas UCs, incluindo professores das escolas de Ensino Fundamental I. São polos desenvolvedores e disseminadores de novas tecnologias e iniciativas, fortalecendo e incentivando lideranças no processo da conservação florestal.

Saiba mais sobre o Programa de Educação e SaUde!