Primeira Infância Ribeirinha promove terceira capacitação na RDS Rio Negro : FAS Amazônia
24/02/2014
Outros

Primeira Infância Ribeirinha promove terceira capacitação na RDS Rio Negro


Entre os meses de dezembro de 2013 e janeiro de 2014, 16 agentes comunitários de saUde, que atuam na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Negro, participaram de nova capacitação voltada ao Projeto Primeira Infância Ribeirinha (PIR), que busca promover atenção básica a saUde de crianças entre zero a seis anos de idade de comunidades ribeirinhas. Inédito na Amazônia, o projeto é desenvolvido pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e financiado pela Fundação Bernard van Leer (FBvL).
As ações estiveram voltadas a capacitação dos agentes comunitários de saUde, por meio da aplicação do modelo de visitação elaborado especificamente para o desenvolvimento infantil. No mês de dezembro, uma oficina foi promovida no NUcleo de Conservação e Sustentabilidade (NCS) Agnello Bittencourt Uchôa, na comunidade Tumbira, com participação de ACSs lotados nos municípios de Iranduba, Novo Airão e Manacapuru, que atuam nas comunidades ribeirinhas. Em janeiro, foram promovidas visitas de supervisão nas 19 comunidades da reserva, durante os dias 13 e 18.
“Nessas atividades percebemos que o modelo de visitação avançou muito nas comunidades. Os agentes conheceram a metodologia de trabalho e agora estão aplicando. As famílias perceberam o desenvolvimento das crianças, os pais entenderam que o brincar é importante no processo de desenvolvimento delas”, comenta a coordenadora do PIR, Rhamilly Amud.
Estiveram presentes na supervisão a coordenadora do PIR, Rhamilly Amud, a assistente social do Programa Primeira Infância Melhor, do Rio Grande do Sul (PIM-RS), Cleuza de Fátima de César, e a enfermeira do PIM-RS, Letícia Boeira. A expectativa é promover novas oficinas ainda em março deste ano.

O Projeto Primeira Infância Ribeirinha

O Projeto Piloto Primeira Infância Ribeirinha é uma iniciativa conjunta da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), da Secretaria de Estado da SaUde do Amazonas (SUSAM) e do Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS) e tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento integral das crianças nas comunidades ribeirinhas do Amazonas. O projeto busca subsidiar o desenvolvimento de políticas pUblicas inclusivas para o desenvolvimento da primeira infância no Estado do Amazonas.

Importância da Primeira Infância

O período entre zero a seis anos é fundamental para o desenvolvimento de uma criança. Ã? uma fase determinante para a capacidade de cognição e sociabilidade do indivíduo, em que o cérebro absorve boa parte das informações para o futuro.

Destaque na imprensa gaUcha

O projeto Primeira Infância Ribeirinha (PIR) foi destaque no Jornal o Alto Uruguai, que tem circulação em 22 municípios de Rio Grande do Sul (RS). A reportagem de Daiane Binello destaca parceria com o Primeira Infância Melhor (PIM), desenvolvido pelo governo gaUcho . Confira!
o alto uruguai