RDS Uacari forma primeiros técnicos em produção sustentável em Unidades de Conservação (UCs) : FAS Amazônia
28/11/2014
Outros

RDS Uacari forma primeiros técnicos em produção sustentável em Unidades de Conservação (UCs)


A Ultima quarta-feira (26) foi histórica para moradores da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Uacari: foi  realizada a cerimônia de formatura da primeira turma do Curso Técnico em Produção Sustentável em Unidades de Conservação (UCs), o primeiro no Brasil a ser ofertado em uma área protegida. Sonho antigo de comunidades do Rio Juruá, o curso foi ministrado ao longo de um ano na comunidade Bauana, no município de Carauari-AM, a 794 km de Manaus.
A cerimônia de colação de grau aconteceu no NUcleo de Conservação e Sustentabilidade (NCS) Pe. João Derickx, que serviu de sede da iniciativa, e contou com a presença do superintendente geral da FAS, Virgílio Viana, do diretor de relações institucionais do Centro Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), Leonardo Barbosa Monteiro, do presidente da Associação de Produtores Rurais de Carauari (Asproc), Francisco Flávio do Carmo, e do presidente da Associação de Moradores da RDS Uacari, Antônio Almires.
A iniciativa  teve como objetivo formar técnicos em produção sustentável para suprir a demanda de trabalho local, e permitir a atuação técnica dos ribeirinhos nas comunidades da reserva. Ã? a primeira vez que essa modalidade de curso foi ofertada em uma unidade de conservação (UC).
“Esse curso permite a 45 jovens terem informações sobre os potenciais naturais dos lugares onde vivem, e desenvolver habilidades sobre essas potencialidades, para promover atividades empreendedoras sustentáveis. Isso é algo inovador, e que pode ser replicado para outras partes do Brasil”, explica o superintendente geral da FAS, Virgílio Viana.
O curso foi oferecido por meio de uma parceria da FAS e Cetam, com apoio do Centro Estadual de Unidades de Conservação (Ceuc), o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae-AM), o  Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), a Associação de Produtores Rurais de Carauari (Asproc), a Associação de Moradores da RDS Uacari (Amaru), do Conselho Nacional dos Seringueiros (CNS) e da Prefeitura Municipal de Carauari.
Leonardo Barbosa, do Cetam, ressaltou a importância do curso para a instituição, e revelou que a instituição estudará a expansão do curso para novas UCs.
“Esse curso foi algo inédito também para o Cetam, e mostrou que é possível chegarmos em localidades distantes como essa. Nós estamos muito felizes de ter ajudado nesse processo, e trabalharemos para levar esse curso para outras reservas”, comenta.

45 alunos se formaram em curso técnico | Foto: Comunicação/FAS

45 alunos se formaram em curso técnico no Rio Juruá | Foto: Comunicação/FAS

Planos de Negócios

Como parte do encerramento do curso, os alunos apresentaram planos de negócios sustentáveis voltados a atividades de geração de renda na qual possuem vocação, como pirarucu, açaí, madeira e óleos nativos. Os projetos já servem de base para financiamento em agências de fomento locais e bancos que apoiem o desenvolvimento regional.
A juramentista do curso, Maria Francisca de Aquino do Carmo, 26, destacou que a grande vantagem do curso é propiciar o ensino de algo aplicável na prática, que pode servir para a geração de renda nessas regiões.
“O curso foi importante porque veio para as pessoas certas, que tinham interesse na capacitação. Futuramente vamos usar esses conhecimentos na comunidade onde moramos, como profissionais qualificados,  empresários que  trabalham com o manejo do pirarucu, açaí, quelônios”, comentou.
O NUcleo Pe. João Derickx tem como mantenedores a HRT Oil & Gas, Coca-Cola Brasil, Natura e Videolar. O Programa de Educação e SaUde da FAS é mantido com apoio da Samsung.