Bolsa Floresta recebe menção honrosa do Prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional : FAS Amazônia
19/03/2013
Outros

Bolsa Floresta recebe menção honrosa do Prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional


O Programa Bolsa Floresta recebeu menção honrosa na edição 2012 do Prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional, promovido pelo Ministério da Integração Nacional (MI). Implementado pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS), o Programa foi destaque na categoria Práticas Exitosas de Produção e Gestão Institucional, uma das três que visam à promoção de medidas concretas para a redução das desigualdades e aumento de oportunidades no Brasil.

A premiação acontecerá hoje, dia 19, pela manhã, no Centro de Eventos e Convenções Brasil 21, em Brasília, com a participação do Ministro de Estado e Integração Nacional, Fernando Bezerra de Souza Coelho, e o Secretário Nacional de Desenvolvimento Regional, Sérgio Duarte de Castro. O superintendente geral da FAS, Virgílio Viana, é quem receberá a Menção Honrosa do Prêmio Celso Furtado.

O Prêmio Nacional de Desenvolvimento Regional foi criado pelo Ministério da Integração Nacional no ano de 2009. Desde 2010, o prêmio recebe o nome de um dos grandes intelectuais da economia brasileira do século XX, Celso Furtado. A edição 2012 promoveu uma homenagem ao professor Rômulo de Almeida, economista, deputado e ex-presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Bolsa Floresta

O Bolsa Floresta (PBF) é o maior programa de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) em florestas tropicais do mundo, com mais de 36 mil pessoas, distribuídas em 541 comunidades, em 15 Unidades de Conservação (UCs) do Amazonas, em uma área que corresponde mais de 10 milhões de hectares. Ele está direcionado para o desenvolvimento da cadeia produtiva dos serviços e produtos ambientais de base florestal, atuando por meio de quatro componentes: Renda, Social, Associação e Familiar. O Programa foi estruturado de modo a fomentar o associativismo, a renda por meio da produção sustentável e os benefícios sociais básicos, como educação e saUde.