EnglishFrenchPortugueseSpanish

FAS conclui oficinas participativas sobre bem-estar animal no Amazonas

FAS conclui oficinas participativas sobre bem-estar animal no Amazonas
janeiro 24, 2022 forner

FAS conclui oficinas participativas sobre bem-estar animal no Amazonas

Projeto visa realizar ações que contribuam na qualidade de vida dos animais de estimação no Estado.

24/01/2022

A fase de oficinas participativas do ‘Diagnóstico Piloto do Bem-Estar Animal do Estado do Amazonas’ foi encerrada em janeiro deste ano. O estudo faz parte do Projeto “Apoio à formulação, implementação e execução da Política Estadual do Bem-Estar Animal e da Fauna Doméstica”, iniciativa da Fundação Amazônia Sustentável (FAS) em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA).

O projeto visa realizar ações que contribuam na qualidade de vida dos animais de estimação no estado. Foram realizadas cinco oficinas participativas nos municípios de Manaus, Novo Airão, Parintins, Novo Aripuanã e Tefé, com a participação de mais de 90 protetores de animais, representantes de Organizações Não Governamentais (ONGs) de proteção animal, além de representantes do poder público e comunitários.

De acordo com a responsável pelo projeto na FAS, Camila Pires, houve a apresentação e debates de três eixos: diretrizes e objetivos, gestão e infração, e sanções. “O resultado foi positivo pois em todos os municípios tivemos a participação do público alvo, que são os protetores independentes e representantes de ONGs de proteção animal, atores que lidam diariamente com os desafios de registrar casos de maus-tratos, resgatar animais de rua, manter esses animais, vacinar e castrar, por exemplo”, destaca.

Para Camila, a contribuição dos participantes foi valiosa, pois eles vivem diariamente situações relacionadas ao bem-estar animal. Ela cita a oficina em Tefé, onde a ONG local e pesquisadores trouxeram informações sobre o contexto regional, onde há criação de animais silvestres como pets. “Faz parte da cultura local, assim como a guarda de animais semi domiciliados que passam boa parte do tempo nas ruas porque as casas são pequenas ou não muradas”, complementa.

Também foram abordados temas como educação, sensibilização e incentivo ao voluntariado; articulação de instituições ligadas à área de saúde; o fortalecimento dos órgãos e gestores públicos municipais nas ações voltadas à proteção e saúde animal, em parceria com associações, conselhos e demais grupos sociais; a importância da fiscalização para o monitoramento do bem-estar animal; e o acesso público e gratuito ao tratamento veterinário e castrações.

As contribuições coletadas nas oficinas serão analisadas pela SEMA, para que seja verificada a viabilidade de serem incorporadas ao documento normativo do projeto.

Sobre o projeto

A construção da Política Estadual do Bem-Estar Animal e da Fauna Doméstica será executada através do apoio da Fundação Amazônia Sustentável (FAS), por meio de emenda parlamentar de autoria dos deputados estaduais Joana Darc (PL) e Saullo Vianna (PTB), com supervisão técnica da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA). O projeto tem como objetivos o levantamento do contexto regional do bem-estar animal e da fauna doméstica no Amazonas, o apoio na elaboração da Política Estadual e a implementação de ações práticas desta política pública no estado.

Sobre a FAS

Fundada em 2008 e com sede em Manaus/AM, a Fundação Amazônia Sustentável (FAS) é uma organização da sociedade civil e sem fins lucrativos que dissemina e implementa conhecimentos sobre desenvolvimento sustentável, contribuindo para a conservação da Amazônia. A instituição atua com projetos voltados para educação, empreendedorismo, turismo sustentável, inovação, saúde e outras áreas prioritárias. Por meio da valorização da floresta em pé e de sua sociobiodiversidade, a FAS desenvolve trabalhos que promovem a melhoria da qualidade de vida de comunidades ribeirinhas, indígenas e periféricas da Amazônia.