FAS e UNICEF promovem capacitação de educadores do interior do Amazonas : FAS Amazônia
10/09/2015
Outros

FAS e UNICEF promovem capacitação de educadores do interior do Amazonas


A Fundação Amazonas Sustentável (FAS), em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promoveu, entre os dias 10 e 11 de setembro, o II Ciclo de Capacitação Projeto Alfabetizando na Floresta – Programa Palavra de Criança, que tem como  tema “Família aprendendo junto”. O projeto tem por objetivo apoiar 13 municípios na organização de estratégias de alfabetização infantil, colaborando para o alcance da meta estipulada pelo Compromisso Todos pela Educação (MEC/PDE), de que todas as crianças até os oito anos de idade estejam alfabetizadas.
Participaram da capacitação 26 supervisores pedagógicos dos municípios de Alvarães, Novo Aripuanã, Manacapuru, Novo Airão, Uarini, São Sebastião do Uatumã, Jutaí, Presidente Figueiredo, Maraã, Manicoré, Itapiranga, Iranduba e Maués.
Um desafio nacional, a alfabetização na idade certa, enfrenta grandes dificuldades em localidades rurais do estado do Amazonas. Nessa região, as crianças geralmente não frequentam a escola em idade pré-escolar, têm pouco contato com materiais escritos, pouco estímulo ao letramento e ao desenvolvimento da coordenação motora fina antes de entrarem no ensino fundamental. Um outro desafio levantado pelo superintendente geral da FAS, Virgílio Viana, é dotar o professor de material didático adaptado à realidade ribeirinha. 
“Em linhas gerais, o conteUdo ministrado no ensino básico de um aluno ribeirinho é muito similar ao do estudante da cidade. O desafio também é levar em consideração as diversidades de onde o aluno é formado, valorizando no material didático, inclusive, a cultura dos rios, do cultivo da mandioca, da produção da farinha, etc.”, defende o superintendente. 
Para o coordenador do UNICEF na Amazônia, Unai Sacona, esta é uma agenda fundamental na região e se configura como um dos principais desafios na realização dos direitos de crianças e adolescentes. “Para promover uma educação de qualidade que cumpra com sua missão de apoiar o desenvolvimento integral das crianças e adolescentes, é preciso que o sistema de ensino tenha as condições necessárias para isso, ou seja, infraestrutura adequada, materiais didáticos que dialoguem com a realidade da região e, claro, comunidade escolar â?? professores, diretores, coordenadores pedagógicos e outros â?? qualificados para tal, assim como a participação ativa das famílias e da comunidade. “

 Projeto Alfabetizando na Floresta

 O “Projeto Alfabetizando na Floresta” tem por objetivo auxiliar 13 municípios na organização e efetivação de estratégias de alfabetização infantil, e assim, colaborar para o alcance da meta estipulada pelo Compromisso Todos pela Educação (Ministério da Educação/Plano de Desenvolvimento da Escola) de todas as crianças até oito anos de idade alfabetizadas.
O projeto envolve uma série de estratégias pedagógicas voltadas à coordenadores e professores de sete UCs do Amazonas: Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDSs) Rio Negro, Uatumã, Juma, Mamirauá, Madeira, Cujubim e Floresta Estadual (Florest) de Maués.