FAS participa V Encontro de Mulheres da Floresta : FAS Amazônia
02/06/2011
Outros

FAS participa V Encontro de Mulheres da Floresta


A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) apresentou hoje, dia 01, no V Encontro de Mulheres da Floresta, a experiência do Programa Bolsa Floresta em ações de incentivo ao empoderamento e autonomia das mulheres ribeirinhas em 15 Unidades de Conservação (UCs) do Amazonas.

O superintendente geral da FAS, Virgílio Viana, proferiu palestra durante parte da manhã, em que apresentou para as participantes o conceito de mudanças climáticas, de serviços ambientais e falou da importância dos ecossistemas florestais no equilíbrio da Terra. “As florestas prestam um serviço ao equilíbrio do planeta. O desafio da Fundação Amazonas Sustentável é fazer com que esse serviço tenha valor”, afirmou.

Virgilio Viana no V encontro de mulheres

Virgílio Viana, superintendente-geral da FAS, falou da importância das florestas e de problemas enfrentados pelas mulheres caboclas (foto: Toni Cruz)

Mulheres parteiras

No contexto do encontro, Virgílio Viana também destacou a importância das parteiras e da intenção da FAS de dar uma atenção especial na formação de novas parteiras nessas comunidades. A questão da violência nas comunidades também foi colocada por ele como foco da fundação nas UCs em que o Bolsa Floresta atua.

A representante da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Amanã (RDS/Amanã), Rosângela Fernandes da Silva, é mãe de cinco filhos, dos quais três nasceram dentro da reserva. Ela afirma que a maioria das mulheres ribeirinhas confia mais nas parteiras do que em um médico da cidade. “Muitos hospitais tratam mal as pessoas do interior. Na comunidade, as parteiras já conhecem as mães”, afirma. “Seria muito bom se houvessem novas parteiras, com equipamentos e capacitação”, completou.

Sobre o V Encontro de Mulheres da Floresta

A Secretaria de Estado e Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS), juntamente com Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e a Secretaria Executiva Adjunta de Florestas e Extrativismo (SEAFE), realiza desde hoje até o dia três de junho o V Encontro de Mulheres da Floresta. O evento promove o diálogo entre as mulheres da região na perspectiva de construção de políticas públicas e socioambientais.