Fundação Amazonas Sustentável (FAS) participa de eventos paralelos à Assembleia Geral da ONU, em Nova York : FAS Amazônia
17/09/2014
Outros

Fundação Amazonas Sustentável (FAS) participa de eventos paralelos à Assembleia Geral da ONU, em Nova York


Nos próximos dias, especialistas em diversas áreas e líderes globais estarão em Nova York para uma série de eventos, culminando na 69ª Assembleia Geral das Nações Unidas entre os dias 24/09 e 07/10. Nestes eventos, temas como mudanças climáticas e desenvolvimento sustentável farão parte da agenda. Virgílio Viana, superintendente geral da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) é um dos especialistas brasileiros em alguns destes eventos. De hoje (17/09) ao dia 22/09, participará de ações relacionadas ao processo de construção dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) do qual faz parte pela rede SDSN, responsável pela criação desses indicadores que substituirão os Objetivos do Milênio a partir de 2016. Já no dia 23, participará da CUpula do Clima convocada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, para engajar os líderes mundiais no avanço da agenda climática.
Entre os eventos para os ODS, Virgílio fará parte da Conferência para Soluções do Desenvolvimento Sustentável. Realizada na Universidade de Columbia a conferência destacará os avanços das soluções para a agenda de desenvolvimento sustentável pós-2015. Virgílio será moderador em uma das sessões com foco para florestas, oceanos, biodiversidade e serviços ambientais. Neste tema, fará uma relação entre sequestro e armazenamento de carbono e seus benefícios para o desenvolvimento sustentável.
Já na sexta-feira (19), participará da quinta reunião do Conselho de Liderança da rede SDSN. Trata-se de um importante encontro para contribuições aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável principalmente nos quesitos de financiamento para o Desenvolvimento e as mudanças climáticas, a expansão da rede SDSN; e a operacionalização das transformações de longo prazo para o desenvolvimento sustentável.
“A definição dos ODS e dos indicadores que servirão para medir os avanços da sociedade, terão papel fundamental na definição de políticas pUblicas, ações empresariais e da sociedade civil entre 2015 e 2030. Participar ativamente deste processo é de grande relevância para o Brasil em especial para a Amazônia”, afirma Virgílio Viana, superintendente geral da FAS.
Já na agenda para o clima, Viana participará da CUpula do Clima no dia 23. Convocada pelo Secretário-Geral da ONU, a ação tem como objetivo engajar os líderes mundiais no avanço da agenda climática. A CUpula servirá como uma plataforma pUblica para que os líderes mundiais (Estados-membros da ONU, setor privado, sociedade civil e líderes locais dos setores pUblico e privado) mostrem o que estão fazendo e possam compartilhar os passos que irão tomar nas áreas mais críticas para que a temperatura do mundo suba menos de 2 graus Celsius.
“Nós já estamos sofrendo com as conseqüências do aumento da frequência de eventos extremos, como secas e cheias. Ã? essencial acelerar e ampliar radicalmente as ações de mitigação e adaptação às mudanças climáticas. Ã? muito importante que a perspectiva do Brasil e da Amazônia seja cada vez mais fortalecida nos processos de tomada de decisão”, conclui.
Outros eventos e reuniões fazem parte da agenda, como o encontro com Bráulio Dias, secretário-geral adjunto da Convenção sobre Diversidade Biológica (CBD) e Emma Torres, conselheira sênior do comitê regional de sustentabilidade para América Latina e Caribe do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).