Governo Federal pesquisa modelo dos Núcleos de educação da FAS : FAS Amazônia
20/10/2010
Outros

Governo Federal pesquisa modelo dos Núcleos de educação da FAS


 Em visita à Fundação Amazonas Sustentável (FAS), nesta terça-feira (19/10), consultores do Ministério da Educação (MEC) e da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República (SAE) conheceram os projetos educacionais desenvolvidos pela FAS nos Núcleos de Conservação e Sustentabilidade nas unidades de conservação do Amazonas.

O Governo Federal iniciou uma pesquisa dos projetos educacionais inovadores já desenvolvidos nas unidades de conservação na Amazônia para, a partir desses modelos, desenvolver um projeto político-pedagógico que atenda às demandas educacionais, culturais e profissionais das populações residentes nas unidades de conservação e uso sustentável. A estimativa é que o projeto seja finalizado ainda neste ano.

Mary_Alegretti (Foto: Monick Maciel)

Consultoras do MEC e SAE durante visita à FAS (Foto: Monick Maciel) 

Mary Allegretti, que esteve na sede da FAS, em Manaus, é a consultora contratada pela SAE para participar da formulação dessa nova política educacional para as populações extrativistas da Amazônia.

Segundo Allegretti, a Fundação Amazonas Sustentável tem muito a contribuir com esse processo, pois agrega políticas públicas antes dispersas e traz como princípio a educação como indutora do desenvolvimento sustentável.  “É muito importante conhecer projetos já em andamento para ajudar na formulação dessa política educacional e a FAS está de parabéns porque coloca a educação no centro de um conjunto de atividades de desenvolvimento realizadas nos Núcleos de Conservação e Sustentabilidade”, afirma.

Além de Allegretti, a consultora Fernanda Frade, do MEC, também esteve na FAS. Elas foram recebidas pelo superintendente técnico-científico da instituição, João Tezza Neto, responsável por apresentar o modelo dos NCS às consultoras.

Atualmente, existem 89 unidades de conservação e uso sustentável na Amazônia, o que representa 5% da área da floresta amazônica, ou seja,  mais de 25 milhões de hectares de riquezas naturais. No Amazonas, são 41 unidades de conservação estaduais, sendo que a FAS está presente em 15 delas, por meio do Programa Bolsa Floresta.