Jovens da RDS do Juma poderão concluir ensino fundamental na Reserva : FAS Amazônia
23/01/2012
Outros

Jovens da RDS do Juma poderão concluir ensino fundamental na Reserva


Crianças e Jovens da RDS do Juma, da calha do rio Mariepaua, no município de Novo Aripuanã (a 227 km de Manaus), terão pela primeira vez a oportunidade de concluir o ensino fundamental sem sair do município. A partir de uma parceria entre a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e a prefeitura municipal, uma nova escola na comunidade do Abelha passará a atender 10 comunidades da reserva.

As aulas começaram no Ultimo dia 9 de janeiro, em regime escolar adaptado ao verão amazônico: entre julho e novembro, a navegabilidade dos rios do Sul do Estado é afetada, tornando difícil ou mesmo impossível a chegada de materiais e alimentos.

Escola oferece oportunidade para alunos se formarem no ensino regular (Olímpia Passos)

A escola tem 94 alunos matriculados, divididos em duas turmas. A do 6º ano regular reUne os alunos com até 16 anos, que acabaram de se formar no 5º ano e hoje podem continuar os estudos. A outra turma é formada por jovens e adultos acima de 16 anos que precisaram interromper seus estudos e esperavam uma oportunidade para concluí-lo.

“Foi emocionante ver a felicidade e satisfação dos comunitários, dos professores, dos alunos e dos pais ao ver seus filhos irem para escola sem precisar se mudar para a cidade” diz Tanea Rodrigues, Gestora do NUcleo do Juma, que acompanhou e liderou as atividades.

Os alunos têm aulas em regime integral, durante intervalos de 15 dias, em uma alternância letiva entre o 6° ano do ensino fundamental e o Ensino de Jovens e Adultos â?? EJA, para otimizar a utilização das instalações escolares.

Durante o verão, os professores acompanharão os trabalhos dos alunos visitando cada comunidade a bordo de â??rabetasâ??, embarcações de pequeno porte que permitem o trânsito náutico em situações de estiagem.

A coordenadora institucional dos NUcleos de Conservação e Sustentabilidade da FAS, Raquel Luna, ressalta a importância desse projeto diante dos desafios e do contexto atual da região:

“O acesso à educação por parte das comunidades florestais, historicamente excluídas, é um passo essencial para formar jovens protagonistas de um desenvolvimento local sustentável, com conservação florestal e melhoria da qualidade de vida”, ressalta Raquel.

O NUcleo de Conservação e Sustentabilidade do Juma é um dos resultados da parceria da FAS com a Marriott International na RDS do Juma.