Meta de 4 mil famílias beneficiadas pelo Bolsa Floresta Familiar está próxima de ser atingida : FAS Amazônia
30/10/2008
Outros

Meta de 4 mil famílias beneficiadas pelo Bolsa Floresta Familiar está próxima de ser atingida


O desafio de atingir a meta de 4 mil famílias beneficiadas com o cartão do Programa Bolsa Floresta Familiar até 30 de dezembro de 2008 foi lançado pelo presidente da FAS, Luiz Fernando Furlan, em conjunto com os demais conselheiros, entre eles o governador Eduardo Braga, na reunião do dia 17 de setembro, na sede da fundação, em Manaus.
Segundo o coordenador de logística da FAS, Benjamim Maia, 31, “atualmente há 4.329 famílias cadastradas, sendo que dessas 3.526 estão aptas a receber o cartão do Bolsa Floresta Familiar. Foram solicitados 3.201 cartões do Bolsa Floresta Familiar, dos quais 2.683 foram entregues. Até o dia 31 de outubro, aproximadamente, 2.702 famílias receberão os cartões do Bolsa Floresta Familiar”. De acordo com Maia, com base nessas atividades de campo, pode-se trabalhar com a boa perspectiva que antes de 30 de dezembro de 2008 deve-se atingir a meta de 4 mil famílias beneficiadas com o cartão Bolsa Floresta Familiar.

Benjamim Maia, Coordenador de Logística , em atividades de campo na RDS de Mamirauá
A partir do momento em que iniciou a campanha várias equipes foram a campo. Até o momento oito unidades de conservação (Uatumã, Uacari, Juma, Madeira, Piagaçu-Purus, Catuá-Ipixuna, Mamirauá e Floresta Estadual de Maués), foram revisitadas com o objetivo de fazer um novo trabalho de cadastramento e entrega dos cartões do Bolsa Floresta Familiar.
Três novas unidades
Destacamos, ainda, que três novas unidades de conservação (RDS Amapá, RDS Canumã e Reserva Extrativista Rio Gregório) foram visitadas pela primeira vez. Nessas unidades foi realizado um trabalho de cadastramento/levantamento socioambiental das famílias locais, bem como a realização de oficinas de formação do Programa Bolsa Floresta. Desta forma, novas famílias foram habilitadas a receber o cartão do programa Bolsa Floresta Familiar.
Neste momento sete equipes, o que representa um total de 28 agentes FAS, estão na linha de frente da floresta e dos rios trabalhando junto às comunidades do “Amazonas Profundo” para atingir a meta definida. Esses profissionais estão percorrendo o interior de sete municípios do Estado (Fonte Boa, Tefé, Manicoré, Beruri, Novo Aripuanã, Nova Olinda do Norte e São Sebastião do Uatumã). Em suas mãos, a responsabilidade de melhorar a qualidade de vida dos guardiões da floresta.