Pirarucus e tambaquis do rio Solimões chegam a Manaus na quinta-feira (9) : FAS Amazônia
07/10/2014
Outros

Pirarucus e tambaquis do rio Solimões chegam a Manaus na quinta-feira (9)


Peixes tradicionais do cardápio amazonense, pirarucus e tambaquis do rio Solimões chegam a Manaus na quinta-feira (09). Eles estarão à venda na Feira de Agronegócios da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), entre  8h às 17h dos dias 09 e 10 de outubro, onde também serão vendidos artesanatos de cestaria da RDS Amanã, do grupo de mulheres Teçume. As atividades são incentivadas pelo componente renda do Programa Bolsa Floresta (PBF), gerenciado pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS), com apoio do Bradesco e Fundo Amazônia.
No próximo dia 12 de outubro, os pirarucus e tambaquis de diversos tamanhos serão vendidos na feira da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), das 7h às 13h. A secretaria fica localizada na Av. Buriti, 1850, Manaus – AM.
Nos dias 13 e 14, das 10h às 19h, a feira estará concentrada na sede da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), na Rua Ãlvaro Braga, 351, Parque Dez de Novembro, Zona Centro Sul de Manaus.
Apenas no dia 14, o consumidor poderá comprar peixe na sede do Instituto de Pesquisas da Amazônia (Inpa), durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. A feira acontecerá das 8h às 17h, Av. André AraUjo, 2936, Aleixo.
Neste ano, serão comercializados mais de 400 toneladas de pescado, de quase 2 mil pirarucus capturados em atividades de manejo. Os preços variam de R$ 8,50 a R$ 18,00 o quilo.
Confira:
Pirarucu Fresco (quilo) â?? Charuto R$ 8,50, Ventrecha R$ 16,00, Filé R$ 18,00 e Carcaça R$ 5,00.
Pirarucu seco (quilo) â?? R$ 20,00.
Tambaqui de 8 a 10 kg â?? 18,00 o quilo.
Tambaqui de 5 a 7 kg â?? 16,00 o quilo.

Pirarucu na RDS Mamirauá

O manejo de pirarucu na RDS Mamirauá é uma das atividades de geração renda incentivadas pela FAS, por meio do Programa Bolsa Floresta (PBF) que, com apoio do Fundo Amazônia, Bradesco, Governo do Amazonas e Coca-Cola, atua em 16 Unidades de Conservação (UCs) no Estado. Atualmente, são mais de 40 mil pessoas beneficiadas pela geração de renda, melhoria de qualidade de vida e fortalecimento comunitário. Veja galeria: